Mídias Sociais

Política

Prefeito de Cabo Frio diz que dívida deixada pelo Governo anterior é de R$ 1 Bilhão

Publicado

em

 

Segundo o atual Prefeito Marquinho Mendes, a situação do município deve melhorar no início de 2018

Thaiany Pieroni

Em meio à crise econômica que o município de Cabo Frio vive, o atual Prefeito Marquinho Mendes decidiu emitir uma declaração para esclarecer a realidade financeira da cidade. Segundo o prefeito, ele tem somado todos os esforços possíveis para cumprir a missão que a população cabo-friense o confiou de restabelecer Cabo Frio.

Marquinho Mendes declarou que a expectativa é grande para que a situação melhore consideravelmente no início de 2018, quando há um aumento na arrecadação; Mas, nesse exatamente momento, a situação é delicada.

Segundo o Prefeito, a administração anterior, sob o comando de Alair Corrêa, deixou R$ 1 bilhão em dívidas para os cofres públicos. Isso sem mencionar escolas e hospitais sem funcionamento.

“A dívida deixada pelo governo anterior é de R$ 1 Bilhão. Um dinheiro que ninguém sabe e ninguém viu. Somente de salários o governo do ex-prefeito Alair Correa deixou em atraso 4 folhas de pagamento, mais três quintos do 13º salário de 2016 e ainda dois quintos do 13º salário de 2015. É muita coisa! Fora o fechamento das escolas e hospitais. É inaceitável o que aconteceu em nossa cidade no período de 2013 a 2016. Se não fosse a herança da dívida deixada, sem dúvidas estaríamos vivendo dias melhores”, declarou Marquinho.

O atual chefe do executivo explica, que assim que assumiu a cadeira fez questão de priorizar o pagamento do servidores, pois o mesmo entende que é essa é uma grande necessidade dos trabalhadores. No início do ano, quando a arrecadação estava maior, parte dos pagamentos atrasados foram pagos, o que não está sendo possível no momento. Mas a atual gestão, tem feito questão de apesar de alguns atrasos pagar os salários atuais.

“Para se ter uma ideia, de janeiro a setembro de 2017 foram investidos com a folha de pagamento, incluindo os salários deste ano e também os salários deixados em atraso pela gestão anterior, mais de R$ 280 milhões. Mesmo com todos os esforços feitos até o momento, as dívidas deixadas pela gestão anterior vêm trazendo muitas dificuldades para o município. Somente com a Receita Federal a dívida deixada foi de mais de R$ 500 milhões. Negociamos a dívida e estamos pagando mensalmente, caso contrário a Prefeitura fica impossibilitada de receber recursos federais. Também tivemos que negociar dívidas com concessionárias de água e energia elétrica, para que os serviços não fossem interrompidos”, detalhou Marquinho Mendes.

Diante deste quadro delicado, toda a receita da administração municipal tem ficado comprometida, o que faz com que seja necessário buscar parcerias com o Governo Federal, afim de conseguir realizar alguns projetos e obras na cidade. E a esperança é que 2018 seja, de fato, um novo ano para Cabo Frio.

“De acordo com nossas projeções financeiras, a situação deve melhorar no início de 2018, quando a arrecadação do município aumenta por conta do IPTU. Iremos utilizar esta verba para quitar o que ainda restar da gestão anterior, e, consequentemente, acabar com esse fantasma do passado. Sabemos que o remédio é amargo e a cura é demorada, mas também sabemos que o pior já passou. Falta pouco e não vamos descansar nessa etapa final. Vocês confiaram a mim esta missão, e garanto que não vou decepcionar”, finalizou o Prefeito.

Mais lidas da semana