Mídias Sociais

Política

Possíveis adversários na disputa pela Prefeitura de Campos em 2020, atual prefeito e deputado federal trocam cortesias

Avatar

Publicado

em

 

Cobiçada pelo atual prefeito, Rafael Diniz (PPS), e pelo deputado federal, Wladimir Garotinho (PRP), Prefeitura de Campos dos Goytacazes pode ser disputada no ano que vem pelos mesmos grupos políticos que disputaram as eleições municipais de 2016

Restando ainda pouco menos de 2 anos para as eleições municipais, uma das prévias da disputa da prefeitura de Campos dos Goytacazes já começou a movimentar o cenário político do município, apontando uma disputa entre o atual prefeito, Rafael Diniz (PPS) e o deputado federal, Wladimir Garotinho (PRP).

Embora o pai de Wladimir, o ex-governador Anthony Garotinho (PRP), ainda relute em confirmar a candidatura do filho, que se aproxima cada vez mais do governador Wilson Witzel (PSC), ventilando até mesmo a possibilidade de deixar o partido do pai e ingressar no do governador.

Mesmo sem a confirmação do apoio do pai, Wladimir é apontado como principal nome do grupo para concorrer, entre outros, contra o atual prefeito, que já anunciou em entrevista ao portal Folha1, que será candidato à reeleição.

Wladimir protocolou ontem na prefeitura seu primeiro ofício como parlamentar para colocar o mandato “à disposição”, “pelos interesses da nossa cidade”, o que Rafael Diniz respondeu que vai continuar “abrindo diálogo com todos os partidos e lideranças políticas”, mantendo o clima ameno em uma possível disputa eleitoral em 2020.

Ao blog Opiniões, do jornalista Aluysio Abreu Barbosa, hospedado no Folha 1, o atual Prefeito de Campos seguiu pregando o diálogo, mas sem perder a oportunidade de alfinetar o grupo político dos Garotinho, que comandaram o município na gestão anterior à de Rafael, quando a mãe de Wladimir e também ex-governadora do Estado, Rosinha Garotinho (PATRI), foi prefeita da cidade.

“Ao contrário do que acontecia num passado recente, quando fechavam as portas da cidade e se achavam donos dela, abrimos o diálogo com todos os partidos e lideranças políticas durante os dois primeiros anos e assim vamos continuar. Acima de todos nós estão os interesses de nossa cidade”, disparou Rafael.

Mais cedo, Wladimir usou as redes sociais para comentar o ofício protocolado no gabinete do prefeito, lembrando ser o único deputado federal da atual legislatura a ter nascido e ainda ser morador de Campos.

“Não serão as divergências políticas que me impedirão de ajudar a minha cidade. Me comprometi com a população, fui o mais votado e se precisa ter maturidade para exercer o mandato”, escreveu o parlamentar.

Com a saída cada vez mais próxima do PRP, Wladimir também disse ao blog Na Curva do Rio, da jornalista Suzy Monteiro, também do Folha 1, que baterá o martelo sobre a nova casa nesta semana.

A família Garotinho e Rafael são adversários políticos de longa data, principalmente quando o atual prefeito, então vereador, esteve na linha de frente de oposição à ex-prefeita Rosinha na Câmara, rivalidade que continuou quando Diniz derrotou o candidato dos Garotinho pela prefeitura em 2016.

Mais lidas do mês