Mídias Sociais

Política

População faz protesto por desmembramento do Parque Estadual da Costa do Sol

Thaiany Pieroni

Publicado

em

Um grupo de moradores do Monte Alto, em Arraial do Cabo, realizou um protesto neste sábado, 24, cobrando o desmembramento da área do Parque Estadual da Costa do Sol. Somente com essa separação, os moradores terão acesso a serviços básicos, que hoje não podem chegar a localidade por se tratar de uma área de preservação ambiental.

Nos últimos dias, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro – ALERJ começou a discutir o assunto, inclusive, aprovando em 1º instância o projeto de Lei, que autorizava a retirada do Monte Alto da área do Parque da Costa do Sol. Porém, os deputados estaduais, Rosembeg Reis e Marcos Abrahão, aproveitaram a ocasião para solicitar o desmembramento de outras áreas do Parque, o que gerou uma repercussão negativa na Região e acabou parando o desenvolvimento do projeto.

Agora, é necessário aguardar o andamento das emendas para saber qual será a decisão definida pelos Deputados.

 

Sobre o projeto - O projeto de autoria do Deputado Jânio Mendes excluí dos limites do Parque Estadual da Costa do Sol, criado pelo Decreto 42.929, de 18 de abril de 2011, a atual "Área de Risco – AR de Monte Alto", localizada no município de Arraial do Cabo. Segundo ele, o objetivo é reparar um erro cometido há anos e atender famílias que já estavam habitando o local.

Em meio ao andamento do projeto, os Deputados Rosenverg Reis (PMDB) e Marcos Abrahão (PTdoB) querem também a retirada de outras quatro áreas do Parque. Sendo elas: Uma em Cabo Frio, no Morro do Mico, entre o Jacaré e o Porto do Carro, compreendendo uma relevante área de Mata Atlântica e três áreas em Saquarema, que atingem a Lagoa de Jacarepiá, a Lagoa Vermelha e fragmentos importantes de restinga.

Mais lidas do mês