Mídias Sociais

Política

Polêmica da entrega no ensino médio municipal para o Estado volta à tona em Cabo Frio

Avatar

Publicado

em

 

O Ensino Médio de Cabo Frio volta a sofrer com incertezas. O Ministério Público fez uma nova recomendação solicitando que o município faça, até 2017, a transferência gradativa, dos alunos para a rede estadual.  A mudança afetará as escolas Marli Capp, em Tamoios; Rui Barbosa, no Centro, Elza Maria Santa Rossa Bernardo, no Jardim Esperança; Arlete Rosa Castanho, no Vila Nova e Agrícola Nilo Batista, em Campos Novos.

O que antes era visto como algo extremamente negativo, hoje, já divide opiniões entre alunos e responsáveis, que estão alarmados com o momento que a educação municipal vive. Com o atraso dos salários, que acarretam nas constantes greves, o aluno que está prestes a concluir os estudos é o mais prejudicado.

“É muito triste o descaso com que o atual governo está tratando a educação. O Marli Capp, por exemplo, já foi considerado uma escola modelo, eu estudei lá. Agora o meu irmão não consegue aprender nada porque além da greve dos professores, a escola está passando por problemas financeiros, que dificultam seu funcionamento. E quem conclui esse ano? E quem vai fazer o ENEM?”, questionou Carla Santiago.

Mas, é claro que a fama não tão boa das escolas estaduais também preocupa os estudantes que querem, de fato, aprender.

“Estamos entre a cruz e a espada, por um lado temos o município que está acabando com a educação da cidade, e do outro temos o Estado, que nunca foi a melhor opção. Infelizmente, hoje em dia, só que tem dinheiro para pagar uma escola particular que tem a oportunidade de aprender de verdade”, comentou Aparecida, que é mãe de uma aluna da Escola Marli Capp.

Para a recomendação passar a valer, a Câmara Municipal precisa aprovar mudanças no artigo 217 da Lei Orgânica, que determina que o município mantenha as instituições de 2º grau já existentes, ainda que a Lei de Diretrizes e Bases (LDB) coloque como obrigatório apenas a gestão do Ensino Fundamental, o que ainda não tem previsão para acontecer.

Mais lidas da semana