Mídias Sociais

Política

Parque Municipal Atalaia, em Macaé, volta a reabrir parcialmente nesta quinta-feira, 31 de março, a partir das 9h

Publicado

em

 

O Parque Municipal Atalaia, em Macaé, terá sua reabertura parcial nesta quinta-feira, 31 de maço, às 9h, com uma programação que faz parte da Semana das Águas, que acontece em homenagem ao Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março.

Segundo a prefeitura, o espaço passará a funcionar de quinta a sábado, das 9h às 16h, e na abertura oficial nesta quinta, oferecerá aos visitantes uma exposição digital com o tema “Parque Atalaia recebe Dunga”, em homenagem ao fotógrafo frequentador do parque desde 2018.

Localizado a 27 quilômetros (km) do centro da cidade, o Parque Atalaia tem 235 hectares e 75% de mata fechada, sendo uma das poucas reservas de Mata Atlântica ainda intactas no Estado do Rio.

A programação de retomada das atividades terá ainda uma roda de conversa com o tema “Atalaia e sua memória ambiental”, com as historiadoras Gisele Muniz e Conceição Franco, que desenvolveram um trabalho de pesquisa que gerou material para o livro “Parque Atalaia” dos fotógrafos, Rômulo Campos e Cláudia Barreto, e para outra exposição, com o tema “Águas de ontem, hoje e amanhã”.

“Reconhecido como uma das mais importantes reservas de Mata Atlântica do Estado, além de contar com trilhas que levam a paraísos perdidos, como a Cachoeira da Fortuna, o Parque Municipal Atalaia recebe pesquisadores, estudantes e visitantes que apreciam sua reserva natural. E por ser um dos primeiros mananciais de Macaé e atrair um público expressivo, a área do Parque foi reestruturada e recebeu uma carroça que vai retratar o período de abastecimento de água potável e a comercialização. Próximo à carroça haverá informações sobre o período e a importância histórica para a população”, contou a prefeitura.

A importância do Parque Atalaia também foi ressaltada pelo secretário de Ambiente e Sustentabilidade, Juninho Luna, que ressaltou as belezas naturais do espaço e a relevância das mananciais do parque, que já foram responsáveis pelo abastecimento da cidade.

“Temos mananciais importantes. O Parque Municipal Atalaia, por exemplo, durante muitos anos, foi o responsável pelo abastecimento de Macaé. Temos muitas ações pela frente para serem implementadas, como as políticas de Unidades de Conservação”, lembrou Juninho Luna.

Criado em 1995, pela Lei 1.595, e regulamentado de acordo com o Sistema Nacional de Unidades de Conservação, pela Lei 2.563, de 2004, o Parque Atalaia também é enaltecido pela prefeitura como parte do roteiro turístico oferecido pelo município para quem vem conhecer Macaé.

Mais lidas da semana