Mídias Sociais

Política

Pagamento da 8ª parcela do Bolsa Alimentação começa em Macaé nesta quinta-feira, 12, e vai até 27 de novembro

Avatar

Publicado

em

 

A Prefeitura de Macaé liberou nesta quinta-feira, 12, a 8ª parcela do programa Bolsa Alimentação, auxílio emergencial criado pela equipe do prefeito Dr. Aluízio (PSDB) que beneficia mais de 40 mil alunos da rede pública municipal de ensino.

Proposto com o valor de 100 reais, o benefício teve seu valor dobrado para 200 reais após a aprovação da Câmara Municipal, no último dia 30 de março, da destinação de 5,3 milhões de reais do Fundo do Legislativo para o Executivo.

“A Bolsa Alimentação tem o objetivo de garantir a segurança alimentar dos alunos para compensar os efeitos da falta de oferta de merenda escolar durante a situação de emergência”, contou a prefeitura.

O auxílio foi criado para tentar minimizar a falta da merenda escolar depois que as aulas presenciais foram paralisadas, tanto na rede pública quanto na rede privada do Estado do Rio, em 16 de março, devido à pandemia do coronavírus.

De acordo com a prefeitura, o pagamento da 8ª parcela do benefício vai até o próximo dia 27 de novembro. Nesta 1ª semana, o auxílio emergencial será pago através de ordem de pagamento e crédito em conta, que estarão disponíveis no Banco Itaú.

O município também revelou que as correções relativas ao pagamento da 6ª e 7ª parcela começaram a ser quitadas com crédito em conta nesta quinta, e através do cartão nesta sexta-feira, 13, lembrando que as listas nominais dos alunos beneficiados estão disponíveis no site da prefeitura, no link, macae.rj.gov.br.

“O atendimento é realizado por escalonamento pela letra inicial do nome do aluno, medida que visa seguir as regras de distanciamento social e evitar aglomeração. As listagens estão disponíveis para consulta no site oficial da prefeitura”, explica o governo municipal.

A prefeitura ressalta que o benefício segue sendo concedido em razão da pandemia do coronavírus, mas pode ser revogada a qualquer momento, “de acordo com a retomada das atividades escolares regulares ou com a conveniência”.

Mais lidas da semana