Mídias Sociais

Política

Pagamento da 7ª parcela do Bolsa Alimentação de Macaé começa nesta quinta-feira, 15, para quem recebe no cartão

Avatar

Publicado

em

 

Começou nesta quinta-feira, 15, o pagamento da 7ª parcela do programa Bolsa Alimentação, auxílio emergencial concedido pela Prefeitura de Macaé para mais de 90% dos alunos da rede pública municipal de ensino.

Criado pela equipe do prefeito Dr. Aluízio (PSDB) com o valor de 100 reais, o benefício teve seu valor dobrado para 200 reais após aprovação de proposta da Câmara Municipal pela destinação de 5,3 milhões de reais do Fundo do Legislativo para os cofres do Executivo.

Nesta quinta-feira, o pagamento da 7ª parcela começa para os beneficiários que recebem através do crédito em cartão, e já está disponível para aqueles que são beneficiados com o crédito em conta do Banco Itaú.

De acordo com a prefeitura, o pagamento prossegue até o dia 27 de outubro para aqueles que recebem por ordem de pagamento, e o atendimento é realizado por escalonamento pela letra inicial do nome do aluno, medida que visa seguir as regras de distanciamento social e evitar aglomeração.

Os beneficiários que recebem por Ted (ou Doc) para outras agências bancárias deverão consultar as contas para verificar a compensação do banco a partir desta sexta-feira, 16. E as listas nominais estão disponíveis no site da prefeitura, macae.rj.gov.br.

Ao todo são pagos 10.554 benefícios através do cartão, totalizando R$ 2.110.800,00; 3.716 benefícios por ordem de pagamento, no valor de R$ 743.200,00; e 26.131 pagamento por crédito em conta, no valor de R$ 5.226.200,00, somando R$ 8.080.200,00 em benefícios para 40.401 estudantes dos cerca de 42 mil matriculados na rede pública municipal de educação de Macaé.

“O Bolsa Alimentação visa garantir a segurança alimentar dos alunos para compensar os efeitos da falta de oferta de merenda escolar durante a situação de emergência. A ajuda ocorre exclusivamente em razão da disseminação do novo coronavírus, podendo ser revogada a qualquer momento, de acordo com a retomada das atividades escolares regulares ou com a conveniência”, ressalta a prefeitura.

Mais lidas da semana