Mídias Sociais

Política

Nova proposta divide em oito vezes dívida do município com servidores de Cabo Frio

Publicado

em

 

A proposta foi feita pelo prefeito Marquinho Mendes nessa quarta-feira, 14

Depois de ter proposto parcelar a dívida com os servidores municipais em dez vezes, o prefeito de Cabo Frio, Marquinho Mendes, fez uma nova proposta para os servidores nesta quarta-feira, 14. Com a nova negociação, a dívida restante, de aproximadamente R$ 13 milhões, seria quitada em 8 parcelas, sendo de julho a dezembro com um teto de R$ 1 milhão por mês, e a outra parte, cerca de R$ 7 milhões, em janeiro e fevereiro, época que o município mais arrecada por conta do IPTU.

A proposta não vale para os aposentados e para os funcionários da Guarda Civil e da Educação, já que essas categorias estão com os pagamentos mais avançados em relação à dívida deixada pela gestão anterior. O objetivo é que o restante da dívida com essas categorias seja quitado mais rapidamente. A negociação também não interfere nos salários deste ano, que continuarão a ser pagos normalmente.

Desde o início deste ano o atual governo já investiu R$ 171 milhões em pagamento de salários, sendo, deste valor, R$ 45,8 milhões referentes a dívidas deixadas pela gestão anterior. Para isso, a Prefeitura vinha pagamento duas folhas salariais por mês, mas com a queda nas receitas após o período de maior arrecadação, que é o início do ano, a prática tornou-se inviável.

"Gostaria de agradecer a vocês pelo respeito mútuo com que estamos fazendo as negociações. Entendo a situação do servidor e estamos nos desdobrando para acabar com os problemas deixados pelo governo anterior. Precisamos ser realistas e negociar dentro do que é possível ser feito. Continuaremos agindo com transparência e priorizando o servidor público", afirmou o prefeito na reunião com representantes do Sindicato dos Servidores, do Sindicato dos Funcionários da Saúde, além de representantes dos fiscais e dos auxiliares de serviços gerais.

Mais lidas da semana