Mídias Sociais

Política

Nova operadora do Aeroporto de Macaé anuncia medidas para retomar voos comerciais de passageiros

Avatar

Publicado

em

 

A Aeroportos do Sudeste do Brasil S.A. (ASeB), nova operadora do Aeroporto de Macaé, anunciou que, mesmo antes de iniciar sua gestão, já está atuando em uma série de medidas para viabilizar as operações do terminal.

Nesta sexta-feira, 11, a empresa, que pertence ao grupo Zurich Airport, revelou que na última quarta-feira, 9, assumiu um compromisso junto ao Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) de regularizar e providenciar um Plano Básico da Zona de Proteção do Aeroporto de Macaé (PBZPA).

“O PBZPA, como é chamado, é fundamental para manter sob controle a construção das edificações do entorno do aeroporto com atenção especial às superfícies que possam limitar as operações de aeronaves ou até mesmo inviabilizar voos no aeroporto”, explicou a ASeB.

Ainda de acordo com aa nova operadores do Aeroporto de Macaé, essa iniciativa é primordial para que a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) viabilize voos regulares do Aeroporto de Macaé para as cidades do Rio de janeiro e São Paulo, assim como para outros destinos.

Para a capital paulista, os voos Macaé-Congonhas e Congonhas-Macaé foram anunciados pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e já estão como opção de compra no site da Passaredo Linhas Aéreas, que oferece voos diários e diretos a partir do próximo dia 27 deste mês.

Segundo a ASeB, a ação faz parte de uma serie de medidas para melhorar as operações dos aeroportos desde que a empresa ganhou a concessão dos Aeroportos de Macaé e de Vitória, capital do Espírito Santo, em setembro desse ano.

“A expectativa é de que essa fase de transição operacional ocorra totalmente até a primeira quinzena de janeiro de 2020”, completou a empresa.

Mais lidas da semana