Mídias Sociais

Política

Multas por danos ambientais podem ser revertidas em reparos para a Lagoa de Araruama em Cabo Frio

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

A Câmara dos Vereadores de Cabo Frio começou a discutir um projeto de lei, que visa transformar as multas aplicadas por danos ambientas à Lagoa de Araruama em ações de recuperação do espaço.

De acordo com o projeto de autoria da vereadora Letícia Jotta, a idéia é minimizar e reparar os danos ambientais, que a Lagoa vem sofrendo no decorrer dos anos.

A parlamentar afirma, que atualmente há uma grande arrecadação, através de multas aplicadas aos agressores do meio ambiente, graças ao endurecimento na fiscalização dessas agressões injustificadas à Lagoa. Porém, nem todo o valor arrecadado é destinado aos cuidados com a Laguna.

A Lagoa de Araruama é a maior massa de água hipersalina em estado permanente no mundo. Seus 160 quilometros banham não só o município de Cabo Frio como outros cinco municípios da Região dos Lagos. Infelizmente, esse ponto ambiental tão importante para a Região enfrenta graves problemas como o lançamento de esgoto e lixo, ocupação indevida das margens e a realização de dragagens desordenadas para retirada de conchas, dentre outros.

“Com o projeto, acreditamos verdadeira e efetivamente que os danos ambientais causados à Lagoa no âmbito do Município de Cabo Frio serão minimizados e reparados a contento e, com isso, estaremos contribuindo com a preservação da nossa tão querida e amada “Lagoa de Araruama”, fonte de vida e de renda para inúmeras famílias da nossa região”, reforçou a vereadora.

Mais lidas da semana