Mídias Sociais

Política

Mais contagiosa das variantes do coronavírus, variante Delta já tem 6 casos confirmados nas cidades da região

Publicado

em

 

Identificada pela 1ª vez em dezembro de 2020 em pacientes na Índia, a variante Delta (B.1.617.2), considerada a versão mais contagiosa do coronavírus, já foi registrada nas cidades da região do entorno da Bacia de Campos.

Com 4 casos confirmados em Cabo Frio e 2 em São Pedro da Aldeia, a variante Delta, que possui mutações que tornam o vírus mais transmissível, já atrai a atenção das secretarias municipais de Saúde da região, que alertam para a manutenção dos cuidados para prevenção do contágio do vírus.

Em Cabo Frio, a Secretaria de Saúde conta com a Superintendência de Vigilância em Saúde para fazer a análise constante do cenário epidemiológico do município, baseado no levantamento dos últimos resultados dos testes de detecção do coronavírus, casos confirmados, internações e óbitos decorrentes da doença.

“Entender o desenvolvimento e os ciclos do vírus na cidade é fundamental para que sejam tomadas medidas para prevenir o avanço do coronavírus e garantir a saúde da população cabo-friense”, explicou a prefeitura.

Em São Pedro da Aldeia, a Secretaria de Saúde alerta aos aldeenses para a manutenção e intensificação dos cuidados para a prevenção do contágio do coronavírus, como o uso de máscaras e de álcool em gel, a higienização das mãos e o distanciamento social.

“A variante Delta é uma mutação do vírus que já registra casos em mais de 100 países e continua a se espalhar. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) é duas vezes mais transmissível do que a cepa original identificada em Wuhan, na China. Na nossa região, a Vigilância em Saúde também identificou 4 casos em Cabo Frio”, ressalta a Secretaria de Saúde de São Pedro.

A Prefeitura de Cabo Frio lembra que, além de todas as ações do município, como ampliação na testagem da população para identificação do vírus e demais medidas de prevenção, a gestão municipal também faz um alerta para manutenção desses cuidados.

“O mais importante e eficiente é a conscientização da população, que deve completar o esquema vacinal contra o vírus, evitar aglomerações, lavar constantemente as mãos, utilizar máscara e seguir as recomendações dos profissionais de saúde”, reforça o governo cabo-friense.

Além dos 4 casos confirmados da variante Delta em Cabo Frio, os órgãos municipais de Saúde também já identificaram 21 casos da variante Gamma (P.1) e 1 caso da variante Alfa (B.1.1.7) na população da cidade.

“Os sintomas relatados até o momento são dor de cabeça, dor de garganta e coriza, o que pode ser confundido com um forte resfriado. E indícios como perda do olfato e paladar, tosse e febre são menos comuns”, explica a Prefeitura de Cabo Frio.

De acordo com a Secretaria de Saúde de São Pedro, em caso de suspeita de contaminação, o cidadão deve procurar o Centro de Triagem da Covid-19 na cidade, anexo ao Pronto Socorro Municipal, localizado no Morro do Milagre, além de se isolar e cumprir as medidas de distanciamento necessárias.

“A administração municipal lembra a importância da vacina e que se garanta o ciclo vacinal, que só é possível após a aplicação da 2ª dose”, ressaltando que a vacinação no município chega à aplicação da 1ª dose para moradores entre 27 e 29 anos nesta semana.

Além de lavar as mãos com uso de sabão e álcool em gel, da manutenção do distanciamento social, e do uso de máscaras, a Prefeitura de São Pedro da Aldeia reforça os pedidos para que as pessoas não toquem nos olhos, no nariz ou na boca, fiquem em casa em caso de indisposição, e procurem atendimento médico em caso de febre, tosse e dificuldade para respirar.

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Rua Tupinambás 122 Gloria – Macaé/RJ

comercial@diariocs.com
(22) 2765-7353
(22) 999253130

Mais lidas da semana