Mídias Sociais

Política

Macaé terá 1ª edição do Jazz & Blues Sessions 2022 no Beco das Artes no fim desse mês

Publicado

em

 

A cidade de Macaé recebe, no final desse mês, a 1ª edição do Jazz & Blues Sessions 2022, que acontece nos próximos dias 26, 27 e 28, das 16h às 23h, no Beco das Artes, na entrada do bairro Pecado.

A programação, que faz parte do calendário municipal e do Circuito Jazz & Blues Costa do Sol, que engloba o Rio das Ostras Jazz & Blues Festival, teve seus últimos detalhes acertados em reunião entre a idealizadora do evento, Agnes Williams, e o prefeito de Macaé, Welberth Rezende (CIDADANIA), na última semana.

A Jazz & Blues Sessions 2022 terá a apresentação de 4 shows regionais e 2 nacionais, marcando como um encontro da música instrumental, do jazz, da bossa e do blues, reunindo músicos e público em duas apresentações em cada dia.

Entre as atrações confirmadas estão Luana Mallet, conhecida como a Diva do Jazz, e a cantora macaense, Kynnie Williams, além do Segundo Set, de Ângelo Nani, do Macahiba Jazz, do Expresso Blues, e de Big Washington.

Considerado um dos espaços culturais mais charmosos de Macaé, o Beco das Artes receberá o público a partir das 16h, lembrando que os shows estão previstos para acontecer das 18h e 20h, com o público podendo curtir as outras atrações do evento até às 23h.

De acordo com a organização do Beco das Artes, o objetivo dessa 1ª edição do Jazz & Blues Sessions 2022 é proporcionar um encontro musical que visa entreter o público e estimular a formação artística e cultural, ampliando o acesso à cultura.

“Queremos apoiar esta programação tão atrativa em um local tão especial”, concordou o prefeito Welberth Rezende, que, durante as atuação como vereador, foi o autor da lei de criação do Beco das Artes.
Ainda segundo ele, entre as propostas da sua gestão para o projeto Beco das Artes é promover atividades voltadas para a sustentabilidade, a melhoria da infraestrutura, os esportes, a iluminação artística, e a ampliação da vista paisagística da Lagoa de Imboassica.

Idealizadora e coordenadora do evento, Agnes Williams afirmou que a parceria público-privada no Beco das Artes é fundamental para o desenvolvimento da cultura na cidade, lembrando que eventos que reúnem o jazz e o blues já vêm alcançando significativo sucesso nas cidades da região.

“Este é um sonho antigo. Macaé precisa de uma programação assim, tendo em vista que outras cidades realizam festival de blues e jazz faz tempo. Nós, do Beco das Artes, acreditamos que a música é um bem sociocultural. Nossa curadoria do Jazz & Blues Sessions acredita que a música contribui para a formação integral do indivíduo”, avaliou Agnes Williams.

Também presente ao encontro da última semana que acertou os últimos detalhes da programação juntamente com a diretora executiva do evento, Débora Carvalho, o secretário adjunto de Turismo, Léo Anderson, ressaltou a importância do circuito musical para a ampliação das oportunidades de lazer e cultura.

As atrações do Jazz & Blues Sessions 2022 contam ainda com a participação da Feira de Economia Criativa, com  espaço reservado para expositores, do Clube do Vinil, e de 28 artistas plásticos e artesãos que apresentarão trabalhos autorais, além de uma praça de alimentação com direito a vinhos, espumantes, queijos, churrasco com carnes nobres, doces, pipocas, hambúrgueres e bebidas.

A entrada será a doação de pacotes de fraldas, infantil ou geriátrica, para distribuição em entidades assistenciais do município, lembrando que a expectativa da organização é de receber 700 pessoas em cada um dos 3 dias de evento.

Para melhor atender o público, a prefeitura confirmou que o evento seguirá protocolos sanitários e que o acesso será através de pulseiras, que poderão ser entregues com, no mínimo, uma hora de antecedência ao horário do show.

Mais lidas da semana