Mídias Sociais

Política

Macaé publica lei que transforma o Pico do Frade e seu entorno em unidade de conservação ambiental

Publicado

em

 

O prefeito de Macaé, Welberth Rezende (CIDADANIA), assinou uma lei que cria a Unidade de Conservação (UC) Monumento Natural o Pico do Frade e seu entorno, pauta que já havia sido debatida em audiência pública virtual promovida pela Câmara Municipal em junho.

A nova lei, publicada nos atos oficiais nessa quinta-feira, 1 de julho, visa defender a biodiversidade de um dos mais belos e tradicionais cartões postais do município, agora transformado a área localizada na região serrana da cidade em uma UC de Proteção Integral.

Ponto mais alto de Macaé, com 1.227 metros de altura, o Pico do Frade possui uma área de 28,07 metros quadrados (m²), podendo ser visto de diferentes locais da região por ficar na divisa com o município de Trajano de Moraes.
Analista ambiental da Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade de Macaé, Evelyn Raposo foi a responsável pela finalização do processo de criação da UC na região serrana, que teve início em 2018, ainda na gestão da então subsecretária, Lívia Souza.

“E foi com o apoio do atual Secretário de Ambiente [e Sustentabilidade], Rodolfo Coimbra, que a gente finalmente conseguiu criar essa Unidade de Conservação. O Thiago Amério foi o nosso jurídico e elaborou a minuta de decreto que foi para apreciação da Câmara. O processo de criação é fruto de muito trabalho, e do entendimento de que o desenvolvimento de Macaé precisa ser sustentável, ou seja, precisa estar pautado nos três pilares: econômico, social e ambiental”, explicou Evelyn Raposo.
Para a analista ambiental do governo municipal, a iniciativa da prefeitura de criar a UC Monumento Natural do Pico do Frade é um marco para o meio ambiente do município, fomentando a produção de conhecimento e o turismo.

“A criação dessa Unidade de Conservação tem o objetivo de garantir qualidade de vida para a população por meio do contato com meio ambiente, possibilitar a realização de pesquisas científicas, atividade de educação ambiental, e estimular o turismo ecológico local de forma ordenada e responsável”, ressaltou Evelyn Raposo.
De acordo com a prefeitura, a nova UC Monumento Natural do Pico do Frade tem diversos objetivos a preservação do ecossistema natural de fragmentos de floresta atlântica do Pico do Frade e do entorno, além da preservação e conservação da região e de sua diversidade biológica, observado o princípio da sustentabilidade.

A ação visa ainda garantir a preservação das espécies endêmicas, raras ou ameaçadas de extinção da fauna e flora; regularizar os diversos usos da área, compatibilizando com os objetivos da UC; possibilitar a visitação pública, a realização de pesquisas científicas e desenvolvimento de atividade de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico.

Mais lidas da semana