Mídias Sociais

Política

Macaé prepara programação para o Dia Internacional da Mulher, nesta sexta-feira, 8 de março

Avatar

Publicado

em

 

Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM), em Macaé, importante órgão da prefeitura no combate à violência contra a mulher, realiza oficina de Saúde da Mulher, uma entre várias ações que o CEAM realiza para servir melhor às mulheres do município que precisam de auxílio em diversas áreas

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, nesta sexta-feira, 8 de março, a Prefeitura de Macaé preparou diversas atividades, por meio do  Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM).

Segundo a prefeitura, a proposta é debater os direitos das mulheres com oficinas, que começam nesta sexta, às 9h, como as oficinas “Direito de Uma, Direito de Todas” e “Sabor de Afeto”, eventos que prosseguem durante todo o mês de março, até o próximo dia 28.

Na próxima terça-feira, 12, alunos do 8º e 9º anos da rede municipal de ensino receberão oficinas do projeto “Maria da Penha vai nas Escolas”, que debate os perigos da a violência doméstica dentro das famílias, conscientizando jovens alunos e alunas da cidade. O evento acontece no Colégio Estadual Télio Barreto, às 9h.

De acordo com o governo municipal, a iniciativa é uma parceria do CEAM com o curso de Direito da Universidade Federal Fluminense (UFF) de Macaé, com Patrulha Maria da Penha, da Secretaria de Ordem Pública, com a Secretaria de Educação e com Juizado Especial Adjunto Criminal/Juizado de Violência Doméstica.

As oficinas do Maria da Penha vai nas Escolas seguem na próxima quinta-feira, 14, no Colégio Municipal Botafogo, às 8h e 13h30, e, também no dia 18, na Escola Estadual Municipalizada Leonel de Moura Brizola, às 8h.

As atividades prosseguem no dia 20, às 9h, com usuárias e profissionais do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da Serra, localizado na Avenida Miguel Peixoto Guimarães, s/n, em Córrego do Ouro, com uma oficina com o tema “Mulher nos tempos atuais, mas com velhos desafios”.

No dia 21, às 7h30, a oficina “Maria da Penha vai nas Escolas” visita os alunos e alunas do Colégio Municipal Dr. Cláudio Moacyr de Azevedo, no Parque Aeroporto, e no dia 26, às 9h, a oficina “Mulher nos tempos atuais, mas com velhos desafios”, será realizada no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS I), na Rua Alfredo Backer, 640, no Centro, e no dia 28, às 10h40, no Colégio Estadual Municipalizado Raul Veiga, em Glicério.

“O mês de março é um resgate histórico. Por isso, toda programação foi elaborada para debatermos os direitos da mulher e seus avanços na sociedade”, analisou a advogada Jane Roriz, coordenadora do CEAM e uma das idealizadoras da implantação do projeto Patrulha Maria da Penha em Macaé.

No dia 27, o município recebe ainda o Fórum de Direito da Mulher da Região Norte Fluminense, marcado para as 9h, no auditório do Centro Administrativo Luís Osório (CEALO), que fica na Rua Presidente Sodré, 466, no centro da cidade.

De acordo com a prefeitura, o evento está sendo realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim Macaé), com o apoio da Coordenadoria Geral de Políticas para as Mulheres, e da Secretaria de Desenvolvimento Social, Diretos Humanos e Acessibilidade.

“A ideia é reunir os conselhos municipais e/ou equipamentos de proteção e atendimento a mulheres nos municípios da Região Norte do Estado do Rio de Janeiro. Serão discutidos assuntos como Lei Maria da Penha, fortalecimento da Rede de Proteção de Atendimento à Mulher, além de debater a importância da criação de equipamentos especializados para mulher em municípios da região, já que Macaé é a única cidade que possui um Centro [Especializado no Atendimento à Mulher]”,

Mais lidas do mês