Mídias Sociais

Política

Líder da bancada governista na Câmara de Macaé anuncia investimentos estaduais para obras na cidade

Publicado

em

 

Em sessão ordinária da Câmara Municipal de Macaé, iniciada na manhã desta quarta-feira, 18, o líder da bancada do governo, vereador Guto Garcia (PDT), anunciou que o governo estadual do Rio já licitou 5 obras importante para Macaé, totalizando investimentos de 134,5 milhões de reais.

De acordo com Guto Garcia, as notícias são fruto de uma reunião entre o prefeito de Macaé, Welberth Rezende (CIDADANIA), e deu secretário da Casa Civil, Luciano Diniz (CIDADANIA), com o secretário estadual de Obras do Rio, Max Lemos (PSDB), na capital fluminense.

“Isso, os técnicos da Secretaria de Obras já foram, já analisaram os projetos e já estão para licitar. O secretário [Max] Lemos falou que espera que 3 desses, no próximo mês, já estejam licitados. Parabéns a união do Estado com a prefeitura para realizar essas obras de [mais de] 130 milhões de reais que o Estado vai trazer para Macaé”, confirmou o líder da bancada governista na Casa.

Entre as obras anunciadas por Guto Garcia, estão as de revitalização da Avenida Rui Barbosa, no valor de 5 milhões de reais; do projeto da Escola do Lagomar, no valor de 9,5 milhões de reais; da Estrada de Santa Tereza, no valor de 50 milhões de reais; da Ponte do Baião, no valor de 35 milhões de reais; e da duplicação da Ponte Ivan Mundim, no valor de 35 milhões de reais.

Após o anúncio, o presidente da Câmara, vereador Cesinha (PROS), também lembrou que o Legislativo, em conjunto com o Executivo, também trabalham na busca de recursos para o município, citando as pautas da construção do banco de leite materno no Hospital Público Municipal (HPM), e do Projeto Cegonha.

“Também tem um investimento do Governo do Estado, onde eu e a vereadora Iza [Vicente, REDE] estamos pautando essa ação, que é a questão da construção do banco de leite materno e o Projeto Cegonha. Soube na segunda (16) que não são mais 25 milhões, são 35 milhões de reais. A gente conseguiu mais 10 milhões de reais e a Secretaria de Obras [de Macaé]; gostaria até de destacar aqui o Felipe [Bastos], e a Alessandra [Aguiar], estão fazendo uma força-tarefa para a gente colocar logo esse dinheiro [do governo estadual] nos cofres da prefeitura aqui para a gente construir o banco de leite materno já alinhado com o Projeto Cegonha”, contou Cesinha.

A implantação de um banco de leite materno em Macaé vem sendo defendida pelo Movimento Amor Líquido, que, já fez, inclusive, uma apresentação da questão aos vereadores macaenses em julho desse ano.

Na ocasião, os vereadores Cesinha e Iza Vicente se comprometeram a destinar recursos de Emendas Parlamentares Impositivas (EPIs) para a construção de um banco de leite materno no HPM, assim como a trabalhar pela pauta junto ao Executivo.

De acordo com o Ministério da Saúde, a Rede Cegonha visa assegurar às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo e a atenção humanizada à gravidez, ao parto e ao puerpério, bem como assegurar às crianças o direito ao nascimento seguro e ao crescimento e desenvolvimento saudáveis.

Mais lidas da semana