Mídias Sociais

Política

Lançamento do projeto de construção do novo terminal de passageiros do Aeroporto de Macaé conta com presença do prefeito

Publicado

em

 

Em evento presencial com dezenas de pessoas, a Zurich Airport Brasil lançou, na manhã desta terça-feira, 11, o projeto de contrução do novo terminal de passageiros do Aeroporto de Macaé, do qual a empresa do grupo suíço Zurich Airport é concessionária desde dezembro de 2020.

Na apresentação, que segui protocolos de distanciamento devido à pandemia do coronavírus, o prefeito de Macaé, Welberth Rezende (CIDADANIA), ouviu sobre o orçamento de 160 milhões de reais e a previsão do início das obras para o próximo ano, o que deve gerar impactar a geração de empregos no município nos próximos 2 anos, já que a previsão de entrega das obras é para 2023.

De acordo com os representantes da Zurich Airport Brasil, o novo terminal seguirá a proposta de outros complexos aeroportuários da empresa no Brasil, proporcionando à cidade melhores condições para o desenvolvimento econômico, principalmente para a indústria de óleo e gás.

Welberth Rezende acrescentou que a construção do novo terminal é um marco para cidade, e que sempre vem buscando junto ao empresariado do município a transformação com foco no desenvolvimento.

“O Aeroporto de Macaé é importante e estratégico, pois conversa diretamente com o mercado de óleo e gás, extremamente exigente, e esse novo empreendimento atenderá todas as suas expectativas”, acredita o prefeito.

Durante o encontro, o chefe do Executivo macaense ressaltou o momento que o município e toda a região estão vivendo, com os avanços no mercado de gás natural e projeção de vários projetos de usinas termelétricas, como a Marlim Azul, em Macaé, e a GNA, no Porto do Açu, em São João da Barra, mas reforçou que a parceria com a empresa do grupo suíço pode trazer ainda mais para a cidade.

“Precisamos estar alinhados com esse mercado, mas, além disso, estamos discutindo agricultura, turismo e, sobretudo, na transformação da cidade num polo educacional. Temos muita coisa boa pela frente e, com certeza, precisamos de bons parceiros para continuar avançando, a Zurich é um bom parceiro. Fico feliz com o anúncio deste novo complexo aeroportuário para o município”, destacou Welberth Rezende.
Segundo o CEO da Zurich Airport Brasil, Ricardo Gesse, o projeto do novo terminal de passageiros do aeroporto é o 2º aeroporto a receber investimentos no Brasil, depois do Aeroporto Internacional de Florianópolis, em Santa Catarina.

“Macaé se destaca no ramo de offshore e tem grande potencial no setor turístico e de negócios. Um novo aeroporto permite uma infraestrutura à altura para contribuir e potencializar esse desenvolvimento. Acreditamos no potencial de Macaé e vamos deixar aqui um legado de desenvolvimento e de investimento sólido” afirma Ricardo Gesse.

O gestor elogiou a infraestrutura instalada na cidade, como a ótima rede hoteleira, além de todas as empresas do setor offshore, que serão impactados pela construção do novo terminal de passageiros do Aeroporto de Macaé.
“Iremos ampliar essas condições, fazendo um projeto de acordo com as nossas necessidades e a dos clientes. Acreditamos muito no futuro de Macaé e no futuro da aviação offshore, como também da aviação comercial, que é o que todos querem e que também queremos muito. Estamos em contato direto com diversas companhias aéreas e com certeza todos esses movimentos que estão sendo feitos, seja pelo poder público, pela sociedade civil organizada de Macaé e pelo aeroporto, ajudam a ter aumento de voos comerciais no futuro”, explicou Ricardo Gesse.

Na apresentação, a Zurich Airport Brasil revelou que a partir de agora, o projeto entra nos detalhamentos finais para que as obras comecem em 2022, promovendo o acabamento de piso em granito de alta durabilidade, a instalação de mobiliários modernos, confortáveis e acessíveis, estruturas metálicas, com acabamentos em madeira e forros com acústica, possibilitando maior conforto nas áreas de permanência.

Ainda de acordo com a empresa, toda nova área construída de 6.000 metros quadrados (m²) prezará pelo compromisso com a sustentabilidade, com a expectativa de contribuir para uma dinâmica urbana mais adequada e manter a extensa área de vegetação protegida.

“O projeto colabora de forma positiva e ampla para o desenvolvimento local. Já reconhecido como polo do ramo offshore no Brasil, por conter uma diversidade de manutenção e alto nível de segurança e eficiência para os operadores, o aeroporto será aprimorado para esse tipo de operação. A novidade será a integração e melhoria das áreas para esse tipo serviço, com a maior capacidade de pátio da região, mais conforto e mais serviços, como inspeção prioritária e atendimento VIP de embarque e check-ins exclusivos. O projeto contempla também obras de extensão da atual pista, ampliando sua capacidade de receber aeronaves comerciais de grande porte”, detalhou a Zurich Airport Brasil.

Também presente ao evento, o CEO da Zurich Airport Latin America, Tobias Markert, explicou que a visão do grupo suíço para aeroportos é de ser mais do que administradores, ser desenvolvedor dos aeroportos, com compromisso de ampliar o significado da atividade, contribuindo com a economia local dos aeroportos.

Essa será a 2ª expansão do terminal de passageiros do Aeroporto de Macaé em menos de 5 anos, já que em 2019, ainda durante a gestão do ex-prefeito Dr. Aluízio (sem partido), a prefeitura inaugurou um novo terminal aumentando a capacidade do aeroporto de 200 mil parta 1,2 milhão de passageiros.

O evento, realizado dias antes do leilão em que a Zurich Airport arrematou a concessão do bloco com os aeroportos de Macaé e de Vitória, no Espírito Santo, contou na época com a presença do secretário nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, e da ex-presidente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Martha Seillier.

De acordo com informações da Infraero na inauguração, o complexo aeroportotuário de Macaé teria recebido quase 90 milhões de reais, sendo 64 milhões de reais para a as obras de expansão do terminal de passageiros, e 26 milhões de reais para as obras de recuperação da pista de pouso e decolagem.

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Rua Tupinambás 122 Gloria – Macaé/RJ

comercial@diariocs.com
(22) 2765-7353
(22) 999253130

Mais lidas da semana