Mídias Sociais

Política

Julinho do Aeroporto anuncia que governo prepara mudanças na lei do Bolsa Atleta

Publicado

em

 

Ao rebater críticas que recebera nas redes sociais, vereador Julinho do Aeroporto (PMDB) negou intenção de se candidatar à presidência da Câmara de Macaé em dezembro deste ano

O vice-presidente da Câmara Municipal de Macaé e atual líder do governo, Julinho do Aeroporto (PMDB), anunciou, durante o Grande Expediente da sessão ordinária desta terça-feira, 3 de abril, que a prefeitura já prepara mudanças na lei do Bolsa Atleta.

Segundo o vereador, a intenção do governo é promover ajustes para que a lei possa atender a mais atletas da cidade, reduzindo a diferença entre as bolsas oferecidas, que chegam a variar de 3 mil a 300 reais.

“O governo já preparou uma minuto para fazer alterações no projeto de lei, que será enviado a esta Casa. Não dá para fazer do jeito que está, com atleta ganhando 3 mil reais e outro atleta ganhando 300 reais. Quem não conhece um capoeirista na nossa cidade? Gente que está aí há anos, trabalhando. O governo vai enviar essas alterações para esta Casa e eu tenho certeza que vamos promover uma ampla discussão sobre este assunto tão importante para os atletas da nossa cidade”, revelou Julinho.

O vereador, que usou seu tempo no Grande Expediente para mais uma vez se defender de críticas que recebeu pelas redes sociais, não deixou de alertar para a qualidade de certos materiais veiculados na internet, lembrando que é importante escolher bem o que se lê para não ficar desinformado ou alimentar boatos.

Julinho negou ainda que tenha qualquer intenção de concorrer à presidência da Câmara nas próximas eleições, em dezembro deste ano, muito menos, que esteja aliado ao Secretário Adjunto de Serviços Públicos, Flávio Isquierdo.

“Dizem que eu serei candidato a presidente da Câmara apoiado pelo Flávio Isquierdo. Isso não existe. A única relação que eu tenho com o Flávio Isquierdo é institucional. Fora isso, não tenho nenhuma relação. E quando precisa eu cobro dele aqui, como já fiz várias vezes. E cobro aqui, não falo pelos corredores. Isso de eu concorrer à presidência da Casa nunca aconteceu nem vai acontecer. Eu tenho um respeito muito grande pelo presidente [Dr. Eduardo Cardoso, PPS]. Tenho caráter definido. Os outros podem ficar em dúvida sobre o próprio caráter, mas eu não tenho dúvida não. O meu está definido”, disparou o líder do governo.


 

Mais lidas do mês