Mídias Sociais

Política

Inscrições para o Sisu começam nesta terça-feira, 22, com oferta de 630 vagas em Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Abrigando campus da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Universidade Federal Fluminense (UFF), Cidade Universitária, em Macaé, é referência na educação superior da região

Abriram nessa terça-feira, 22, as inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para cursos de graduação em universidades públicas de todo o país, com 630 vagas oferecidas nos campi da Universidade Federal Fluminense (UFF) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em Macaé.

No município, são 510 vagas para este 1º semestre letivo, em 13 dos 14 cursos das duas Instituições de Ensino Superior (IES), que funcionam na Cidade Universitária, e as terminam nesta sexta-feira, 25, e podem ser feitas, gratuitamente, somente online, pelo site, através do link, sisu.mec.gov.br.

A UFRJ oferece 330 vagas no 1º semestre, sendo 120 para Engenharias, Civil, Mecânica e de Produção; 30 para Medicina; 50 para Farmácia; 40 para Enfermagem e Obstetrícia; 40 para Nutrição; 25 para Ciências Biológicas; e 25 para Licenciatura em Química, lembrando que o curso de Bacharelado em Química só tem vaga disponibilizada para o 2º semestre.

Na UFF, são 120 vagas para Ciências Contábeis, sendo 60 no 1º semestre e 60 no 2º; a mesma divisão acontecendo com as 120 vagas para Direito. Além dessas, a universidade oferecer ainda 60 vagas anuais para Administração, totalizando 300 vagas para 2019.

A Prefeitura de Macaé, que administra a Faculdade Miguel Ângelo da Silva Santos (FeMASS), única instituição de ensino superior pública municipal na região, e que também funciona na Cidade Universitária, lembra a unidade não tem critério pelo Sisu.

No caso da FeMASS, a oferta de vagas se dá utilizando as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no seu processo seletivo, realizado uma vez por ano, que também tem a opção de os interessados fazerem a prova própria.

Sisu – Nesta primeira edição de 2019, o Sisu vai oferecer 235.461 vagas, distribuídas em 129 instituições de educação superior por todo o país, com inscrições feitas exclusivamente pela internet, devendo o candidato acessar a página eletrônica do Sisu com o número de inscrição e senha do Enem.
“Por intermédio do Sisu, universidades públicas oferecem vagas em cursos de graduação aos estudantes que fizeram o Enem 2018 e tiveram nota superior a zero na prova de redação. Ao se inscrever, o candidato deve fazer até duas opções de curso, especificando, em ordem de preferência, a instituição de educação superior pretendida, local de oferta, curso e turno, e a modalidade de concorrência. Também pela página do Sisu na internet é possível ao candidato acompanhar a inscrição, ter acesso às classificações parciais e notas de corte, ver o resultado final e a lista de aprovados. Outra opção é baixar o aplicativo do Sisu, disponível para Android e IOS”, detalhou o Ministério da Educação (MEC).

O resultado dessa primeira etapa será divulgado em 28 de janeiro e os estudantes selecionados terão de 30 de janeiro até 4 de fevereiro para realizar a matrícula junto às instituições de ensino superior pretendidas.

“Este processo é feito diretamente com a universidade; assim, é importante ficar atento aos dias, horários e locais de atendimento definidos pelas instituições. Essas informações estão disponíveis nos respectivos editais”, acrescenta o MEC.

Espera – Os candidatos ao Sisu que não tiverem sido selecionados na chamada regular podem ingressar na lista de espera, cujo prazo de inscrição vai de 28 de janeiro a 4 de fevereiro, e a convocação acontece a partir de 7 de fevereiro.

“A partir desta edição, candidatos selecionados na chamada regular, em 1ª ou 2ª opção, não poderão mais participar da lista de espera. Outra novidade é que os candidatos não selecionados na chamada regular poderão escolher, para a lista de espera, a 1ª ou a 2ª opção informada no período da inscrição. Antes era possível apenas a 1ª opção”, explica o MEC.

Mais lidas da semana