Mídias Sociais

Destaque

Indefinição em Cabo Frio: Alair diz que não é candidato mas depois volta atrás

Avatar

Publicado

em

 

O cenário político nunca foi tão confuso quanto agora. São tantas indefinições que o cidadão não sabe de mais nada. Não sabe quando vai trabalhar, não sabe quando vai receber, não sabe se vai ter aula na escola do filho, não sabe se vai ter médico no hospital, e muito menos se o seu lixo vai ser recolhido. A indefinição da vez diz respeito à corrida eleitoral pelo Executivo.

Alair (PP) anunciou no último fim de semana que desistiria da candidatura para apoiar Dr. Paulo César (PSDB), e que o vice seria Paulo Henrique Correa (PP), seu sobrinho. A decisão pode ter sido tomada prevendo uma possível derrota acachapante nas urnas, ninguém sabe ao certo. A notícia causou um certo estrondo em Cabo Frio, e as movimentações políticas se intensificaram.

Mas horas depois do anúncio, tudo mudou. Alair teria recebido uma ligação do Governador em exercício do Estado do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, que é presidente estadual do Partido Progressista (PP). A ligação teria um único objetivo: demovê-lo da idéia de desistir da candidatura. Dornelles teria orientado Alair a concorrer à prefeitura, sob alegação de que o partido não iria abrir mão do Executivo: “Informando que o partido deverá ter candidatura própria, encabeçada pelo candidato à reeleição” – teria dito Dornelles.

Parece que o Governador e a turma do PP não sabem o que está acontecendo em Cabo Frio. O nome de Alair está mais sujo que pau de galinheiro, mas mesmo assim o partido quer que ele concorra à reeleição. Eles perderam uma ótima chance de ficarem calados, e evitarem uma vergonha sem precedentes na história do partido.

 

Mateus Marinho

Mais lidas da semana