Mídias Sociais

Cidades

Escola de Cabo Frio não funciona por falta de auxiliares de serviços gerais

Avatar

Publicado

em

 

Servidores da Educação protestaram na manhã desta segunda-feira (11) em Cabo Frio. Profissionais da classe realizaram um ato de repúdio às demissões em frente ao portão da Escola Municipal Robinson Carvalho Azevedo, no Parque Burle. As aulas foram suspensas nesta segunda porque a escola estava completamente suja.

A escola não possui mais funcionários para manter a limpeza em dia. Todos os auxiliares de serviços gerais da unidade foram demitidos na semana passada. De acordo com a direção da escola, foram dispensados ao todo 13 funcionários da área de serviços gerais e cozinha, além de auxiliares de classe.

Os auxiliares de classe são os profissionais que acompanham os alunos que possuem necessidades especiais. Com o corte desses funcionários, os alunos que necessitam desses cuidados tiveram que ser dispensados e não têm previsão de retornar tão cedo, a menos que novos auxiliares de classe sejam contratados.

Apenas a secretaria da escola funcionou nesta segunda. E de acordo com os funcionários, eles estão organizando um novo protesto para esta terça-feira (12). Eles farão novo ato na porta da escola, e depois sairão em carreata em direção à Câmara Municipal, onde se juntam aos demais servidores para acompanhar a sessão plenária.

 

Mateus Marinho

Mais lidas da semana