Mídias Sociais

Política

Importantes estradas estaduais de acesso às cidades da região recebem serviços de manutenção do DER-RJ nesta semana

Avatar

Publicado

em

 

Algumas das principais vias de acesso às cidades da Região dos Lagos e do Norte Fluminense, a Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), a RJ-140, que liga Cabo Frio a Silva Jardim, e a RJ-102, que liga Niterói à Armação dos Búzios, estão entre as estradas estaduais que receberão serviços de manutenção do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Rio (DER-RJ).

De acordo com o DER-RJ, durante toda esta semana serão realizados novos serviços de manutenção na rodovia RJ-104, além da RJ-140, da RJ-106 e da RJ-102, que receberá os serviços no trecho conhecido como Avenida Beira-Mar, entre Cabo Frio e Búzios.

“Após anos sem investimentos adequados, as equipes das 4ª e 9ª ROCs (Residências de Obras e Conservação) do departamento estão trabalhando na manutenção do asfalto deteriorado de trechos destas vias, melhorando, assim, as condições de trafegabilidade das nossas estradas”, comentou o DER-RJ.

Na RJ-102, o serviço está sendo realizado entre Cabo Frio e Búzios, até o entroncamento com a RJ-106, com a equipe de conservação e manutenção da 9ª ROC, de Araruama, realizando o serviço na camada final do pavimento, utilizando um caminhão rolo compactador.

Vi que corta diversas cidades da região, a Amaral Peixoto recebe os serviços no trecho entre a Serra do Mato Grosso e Sampaio Correa, em Saquarema, enquanto que no trecho de Araruama, a estrada recebe serviços de roçada, com corte de vegetação.

Na RJ-140, as equipes do DER-RJ trabalham no trecho de São Pedro da Aldeia, com serviços de manutenção de asfalto e também corte de vegetação alta, enquanto que na RJ-104, Km 2, sentido Niterói, e na RJ-106, Km 9, sentido Maricá, as equipes da 4ª ROC, de São Gonçalo, estão recebendo manutenção de pavimentação.

“Temos um cronograma para todas as ações de limpeza, manutenção e conservação, que é atualizado semanalmente por cada ROC do departamento. AS ROCs funcionam como mini DERs espalhados pelo Estado, facilitando o nosso trabalho”, explicou o presidente do DER-RJ, Uruan Cintra de Andrade.

Mais lidas da semana