Mídias Sociais

Política

Henrique Gomes continua como Prefeito de Búzios

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Quando a população começava a tomar conhecimento da informação de que André Granado (MDB) voltaria ao cargo de prefeito de Búzios, a Justiça mais uma vez mudou de idéia e manteve Henrique Gomes como chefe do Executivo.

Na tarde desta terça-feira, uma decisão da 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) determinou que André Granado voltasse a assumir a Prefeitura. Porém, poucas horas depois o juiz de Búzios deu um novo despacho suspendendo os efeitos da decisão do TJ, ou seja, suspendendo o direito de André retornar ao cargo.

O Juiz alegou que a população de Búzios tem sido muito prejudicada com as constantes mudanças não só de Prefeito, como de "secretários, subsecretários, servidores ocupantes de cargo em comissão e mesmo anulação de todos os atos anteriores dos chefes do poder executivo que ocuparam a cadeira principal ao longo das inúmeras disputas processuais em trâmite".

Vale destacar que no mesmo dia a 21ª Câmara Cível decidiu, por três votos a zero, não acatar a apelação de André Granado na ação em que é acusado de improbidade administrativa por suspender a convocação de aprovados em concurso.

Agora a população continua aguardando as próximas informações.

 

Henrique Gomes faz esclarecimento à população - Grande adepto das redes sociais, o Prefeito em exercício Henrique Gomes não esperou muito tempo para utilizar seu perfil para esclarecer a situação para a população. Henrique fez questão de afirmar que permanece como prefeito em exercício, como prevê a prerrogativa do cargo de vice, ao qual também ele teria sido democraticamente eleito, toda vez que o prefeito André Granado é afastado da função pela Justiça.

Henrique disse ainda que também lamenta essa instabilidade que o município vive. "Eu, como todos os cidadãos de Búzios, também espero uma decisão definitiva sobre a condução do município. No entanto, me empenho nesta oportunidade de estar à frente do Executivo municipal para dar ênfase a uma gestão baseada nos princípios da economicidade e transparência com a coisa pública. Certo de que estou cumprindo com o meu dever com a população dou continuidade ao trabalho com seriedade e respeito aos servidores e munícipes em geral deixando a cargo da Justiça a decisão final", finalizou.

Mais lidas da semana