Mídias Sociais

Política

Evento em Macaé marca lançamento de um corredor ecológico ligando o Parque Atalaia à ReBio

Publicado

em

 

Um encontro entre o prefeito de Macaé, Welberth Rezende (CIDADANIA), o secretário estadual do Meio Ambiente, Thiago Pampolha, o diretor do Terminal Portuário de Macaé (TEPOR), Fabiano Crespo, e presidente do Instituto Estadual de Ambiente (INEA), Felipe Campelo, marcou o lançamento de um corredor ecológico que integrará as áreas do Parque Municipal Atalaia e a Reserva Biológica da União (ReBio).

O evento, que contou com representantes de secretarias de Meio Ambiente de Macaé, Rio das Ostras, Conceição de Macabu, e Carapebus, contou com a plantação de uma muda que marcou, de forma simbólica, uma ação de plantio de mudas de espécies nativas da Mata Atlântica de 14 quilômetros (14 km) que irão recompor vegetação situada às margens do Rio Macaé.

De acordo com a prefeitura, a iniciativa é fruto de um dos principais programas de reflorestamento da região, promovido em parceria entre a prefeitura e o governo estadual, com a contrapartida do grupo empreendedor do TEPOR.

Da plantação das primeiras mudas do corredor ecológico, participaram também o secretário de Ambiente de Macaé, Juninho Luna, o superintendente geral do INEA, Marcelo Barreto, o superintendente regional do INEA, Ronaldo Paes Leme, e o proprietário da Fazenda Três Marias, José Renato.

O evento foi realizado na Fazenda Três Marias, situada à margem da BR-101, e marcou também o lançamento do Programa Pacto pelas Águas: Proteção e Recuperação das Mananciais de Abastecimento Público.

“Estamos discutindo muito o desenvolvimento econômico de Macaé e hoje temos a prova de que é possível crescer de forma sustentável. E não abrimos mão do meio ambiente em nome do progresso. As compensações são verdadeiramente a garantia da nossa sobrevivência e das gerações futuras, o que permitem, hoje, a cidade crescer economicamente e gerar empregos, preservando o ecossistema de forma adequada e sustentável”, afirmou Welberth Rezende.

A expectativa é de sejam reflorestados 32,5 hectares de áreas situadas entre as fazendas Três Marias e Barrancas, como contrapartida assumida pelo grupo empreendedor do TEPOR na construção de linhas de dutos de gás, permitindo a conexão entre as áreas das duas reservas, integrando assim animais de diversas espécies nativas da região.

“O nosso desafio sempre é mostrar o melhor caminho para viabilizar investimentos da iniciativa privada, dentro dos parâmetros necessários para a preservação do nosso meio ambiente. E aqui registramos o sucesso dessa proposta que deixa um legado imensurável, não só para Macaé e região, mas também para todo o nosso Estado”, afirmou o secretário estadual do Meio Ambiente, Thiago Pampolha.

Segundo a prefeitura, o corredor ecológico, além de conectar áreas do Parque Atalaia e da ReBio, promoverá também uma espécie de cinturão de proteção no trecho de 14 km de margem do Rio Macaé, reduzindo efeitos de degradação ambiental.

Para o secretário de Ambiente de Macaé, Juninho Luna, o empenho de órgãos ambientais, como o INEA e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), está sendo essencial para o desenvolvimento econômico e sustentável de todas as cidades da região.

“É um momento muito especial porque marca a união de pessoas que pensam no futuro de Macaé e da região colocando o meio ambiente como prioridade. E esta ação só é possível porque Macaé está recebendo grandes empreendimentos que se comprometem em nos ajudar a conservar o nosso ecossistema”, afirmou Juninho Luna.

Mais lidas da semana