Mídias Sociais

Política

Empresa Águas do Rio, do grupo Aegea, passa a ser responsável pelos serviços de água e esgoto em Casimiro de Abreu

Publicado

em

 

O município de Casimiro de Abreu faz parte de um dos blocos do leilão de concessão dos serviços de água, e esgoto, antes prestado pela Companhia Estadual de Águas e Esgoto (CEDAE), e que após o leilão, será prestado pela empresa Águas do Rio, do grupo Aegea.

O contrato de concessão de 35 anos entre a nova prestadora de serviços e o governo estadual do Rio foi assinado nesta quarta-feira, 11, e se refere a 2 blocos, o bloco 1 e o bloco 4, do qual fazem parte Casimiro e mais 24 municípios, 1 distrito de Saquarema, e alguns bairros do Rio.

“Uma frase me carrega no dia de hoje. Ter a certeza de que a vida  das pessoas vai melhorar. Hoje é um dia histórico para o Estado do Rio de Janeiro. Vamos sair do atraso e entrar na era da modernidade. Fizemos isso com um leilão totalmente transparente, com seriedade e muito concorrido. Estamos todos reconstruindo este novo Estado”, defendeu o governador do Rio, Cláudio Castro (PL).

No bloco 1 estão contempladas as cidades de Aperibé, Cachoeiras de Macacu, Cambuci, Cantagalo, Casimiro, Cordeiro, Duas Barras, Itaboraí, Itaocara, Magé, Maricá, Miracema, Rio Bonito, São Gonçalo, São Francisco de Itabapoana, São Sebastião do Alto, e Tanguá, além do o 3º distrito de Saquarema e alguns bairros do Rio.

Do bloco 4, fazem parte os municípios de Belford Roxo, Duque de Caxias, Japeri, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, Queimados, e São João de Meriti, além de outros bairros do Rio.

A cerimônia para assinatura do contrato aconteceu no Pão de Açúcar, na capital fluminense, e contou com a presença do governador Cláudio Castro e do presidente da Águas do Rio, Alexandre Bianchini, além de prefeitos do interior do Rio.

“Mais uma vez quero reafirmar o meu compromisso com os moradores de Barra de São João. Todo este recurso será utilizado no distrito em obras de infraestrutura. A prefeitura está tendo uma oportunidade de realizar investimentos nunca feitos antes na cidade. A previsão é que a 1ª parcela deste recurso seja paga até o final deste mês de agosto”, afirmou o prefeito de Casimiro, Ramon Gidalte (CIDADANIA), durante a cerimônia.

A concessionária Águas do Rio arrematou os blocos 1 e 4 do leilão, que aconteceu em abril deste ano, gerando aos cofres públicos estaduais uma arrecadação no valor de 22,6 bilhões de reais no total da concessão de 3 dos 4 blocos ofertados.

Segundo a Prefeitura de Casimiro, dos 13,5 milhões de reais que serão recebidos pelo município, 8,7 milhões de reais serão pagos no 1º lote. O 2º lote está previsto para o 2º semestre de 2022, enquanto o pagamento do 3º lote será efetuado em 2024.

Para o 1º vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio (Firjan), Luiz Césio Caetano, que também participou da cerimônia, a privatização da CEDAE encerra um processo antigo de defesa de interesse da Firjan, e dá início a um novo ciclo de investimentos em saneamento básico em todo o Estado.

“Desde o início, a Firjan teve um papel extremamente importante nesse processo. Promovemos trabalhos técnicos para convencimento da sociedade, dos céticos, mostrando a importância da concessão para recuperar o saneamento tanto nos municípios quanto em todo o Estado”, lembrou Luiz Césio Caetano.

Ainda segundo o 1º vice-presidente da Firjan, a assinatura do contrato de concessão dos blocos 1 e 4 também significam a consolidação do processo de privatização dos serviços de água e esgoto no Estado do Rio, lembrando que um dos blocos ainda segue sem comprador.

“Além de trazer uma boa imagem para o Estado, o leilão e a assinatura do contrato servem como uma bandeira da concessão. Afinal, diversos municípios já aderiram ao leilão do bloco 3, único que não fora arrematado em abril, e que será oferecido novamente em setembro”, explicou Luiz Césio Caetano.

Mais lidas da semana