Mídias Sociais

Política

Eleições deste ano têm mudanças nas estratégias partidárias para a disputa das prefeituras da região

Avatar

Publicado

em

 

Com informações disponíveis sobre os pedidos de registro de candidaturas visando as eleições municipais marcadas para o próximo dia 15 de novembro, o site DivulgaCandContas, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), já conta com quase todos os nomes que disputarão as prefeituras da região.
E como já vinha sendo especulado pela imprensa carioca, o REPUBLICANOS, partido do prefeito do Rio, Marcelo Crivella (REPUBLICANOS), e que abriga agora parte do clã Bolsonaro, é a sigla com maior número de candidaturas na região, com 8 pedidos de registro, em Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Casimiro de Abreu, Iguaba Grande e Macaé.
Nas eleições municipais de 2016, quando ainda era o antigo PRB, foram apenas 3 candidaturas registradas junto ao TSE para a disputa das prefeituras dos balneários de Búzios e Arraial, e da poderosa Macaé, conhecida como Capital Nacional do Petróleo.
Quando a cúpula da família Bolsonaro ainda estava alinhada ao PSL, colunistas da imprensa carioca já apontavam uma estratégia do partido e clã do presidente da república para a disputa das prefeituras das cidades da região da Bacia de Campos, de olho nos bilhões de reais dos recursos de royalties, estratégia que parece ter sido assimilada pelo REPUBLICANOS.
Atrás do partido do prefeito do Rio, a sigla que mais registrou pedido de candidatura a prefeituras da região foi o PDT, que repetiu o número de candidatos nas eleições municipais de 2016, com 7 nomes, em Araruama, Búzios, Arraial, Cabo Frio, Campos, Macaé e Rio das Ostras.
Depois vêm PP e PT, com 6 pedidos de registro de candidatura, mas com situações distintas em relação ao pleito de 2016. Enquanto o PP aumentou de 4 para 6 candidaturas, o PT saiu de nenhuma nas eleições municipais há 4 anos, quando estava muito enfraquecido pela perseguição política à ex-presidente Dilma Rousseff (PT-RS), alvo de impeachment, e ao ex-presidente Lula (PT-SP), pela Lava Jato de Curitiba, no Paraná.
As candidaturas do PP esse ano são nas cidades de Araruama, Búzios, Carapebus, Iguaba Grande, São João da Barra e São Pedro da Aldeia. Já as do PT são para a disputa das prefeituras de Arraial, Campos, Casimiro de Abreu, Iguaba Grande, Macaé e Rio das Ostras.
Partido com mais pedidos de registro de candidatura nas eleições de 2016, o MDB, antigo PMDB, saiu de 9 nas eleições municipais passadas para apenas duas nas eleições de novembro deste ano, em Cabo Frio e Carapebus.
Outro que perdeu força na região foi a REDE, que tinha 6 candidatos disputando as prefeituras da região há 4 anos, e, por enquanto, ainda não registrou nenhum pedido de candidatura visando a disputa desse ano.
Curiosamente, o UP, partido mais novo do Brasil criado em dezembro de 2019, já tem 1 candidato a prefeito na região, em Cabo Frio (sede da prefeitura, na foto), além de ter uma candidata a vice em chapa com o PSOL, em Campos.
Os demais partidos com mais pedidos de registro de candidatura na região nestas eleições são SOLIDARIEDADE (5), PSD (5), PMB (5), CIDADANIA (5), PV (4), PSL (4), PRTB (4), PODE (4), DEM (4), PTC (4), PSOL (4), PL (3), PATRIOTA (3), PMN (3), PSDB (3), AVANTE (2), MDB (2), PSC (2), PSB (2), UP (1), PCdoB (1), PSTU (1), PTB (1), PCO (1), MDB (1), e DC (1).

Mais lidas da semana