Mídias Sociais

Política

Efetivação de matrícula para os inscritos nas 3 primeiras fases de pré-matrícula termina nesta quarta, 23, em Macaé

Publicado

em

 

Termina nesta quarta-feira, 23, o período para a efetivação das matrículas para quem fez o cadastramento nas 3 primeiras fases da pré-matrícula visando as vagas nas rede pública municipal de ensino de Macaé para o ano letivo de 2022.

Para cumprir esta etapa e efetivar as matrículas, os pais ou responsáveis pelos alunos menores de 18 anos, os próprios alunos, se forem maiores de idade, devem comparecer às escolas de destino, apresentando original e cópia da certidão de nascimento; original da certidão de casamento ou documento oficial, que a substitua; cópia da carteira de identidade para estudantes maiores de idade; original e cópia do CPF; foto 3x4; comprovante de residência (recibo de conta de água, luz ou outra correspondência); original do laudo clínico, em caso do candidato necessitar de atendimento educacional especializado; cartão do Bolsa Família, caso o estudante seja beneficiário do programa; original e cópia do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS); original da declaração de escolaridade ou protocolo do curso; e original e cópia de documentos de identificação dos responsáveis.

Como esta fase de efetivação das matrículas são feitas de forma inteiramente presencial, a Secretaria de Educação reforça a necessidade de que o procedimento siga todos os protocolos sanitários para a prevenção do contágio do coronavírus, entre eles, a obrigatoriedade do uso de máscaras.

Quem perder essas 3 primeiras fase da pré-matrícula, que registrou mais de 8 mil cadastros, a Secretaria de Educação está com a 4ª fase de pré-matrícula aberta até esta sexta-feira, 25, devido à enorme procura por vagas na rede pública municipal.

“Devido à grande procura de pais e responsáveis para fazer a pré-matrícula, a Secretaria de Educação abriu online a 4ª fase. Os interessados devem o portal oficial da Prefeitura de Macaé (macae.rj.gov.br) até a próxima sexta-feira (25) para fazer a escolha das 3 opções de unidades escolares mais próximas à residência. O resultado será divulgado no dia 8 de março”, concluiu a prefeitura.

Para tirar dúvidas sobre o processo, tanto da 4ª fase de pré-matrícula, quanto da efetivação das matrículas das outras 3 primeiras fases, a Secretaria de Educação oferece atendimento através dos e-mails, matriculamacae@gmail.com, ou ouvidoria.educacao@macae.rj.gov.br.

Visita de Italva – Nesta segunda-feira, 21, o município recebeu a visita de uma equipe da Secretaria de Educação da cidade de Italva (na foto), na Região Noroeste Fluminense, para conhecer os trabalhos desenvolvidos pelo projeto Robótica nas Escolas, além do processo de implantação e formação dos conselhos escolares.
Secretária de Educação de Italva, Alda Valéria, foi recebida pela então secretária de Educação de Macaé, Eliane Araújo, exonerada do cargo na mesma segunda-feira, além da coordenadora do Laboratório Inovar e Aprender, Luemy Ávila, e da coordenadora dos Conselhos Escolares, Márcia Corrêa.

Em ato oficial publicado com data desta segunda, o prefeito Welberth Rezende (CIDADANIA) explica que a pasta da Educação será gerida, interinamente, pela secretária adjunta de Educação Básica, Leandra Lopes Vieira.

Coordenadora do Laboratório Inovar e Aprender, do programa de Robótica nas Escolas, Luemy Ávila informou que o programa funciona nos 3 turnos, manhã, tarde e noite, de segunda a sexta-feira, atendendo na formação de educadores, inovação nas estratégias pedagógicas nas escolas públicas municipais e também na extensão universitária.

A prefeitura ressalta que os alunos da Robótica, como é conhecido o programa, são preparados para participarem de feiras, mostras, torneios e outros eventos de Ciências e Tecnologias, formando autores de novas tecnologias de inovações.

“Consideramos a importância de criar soluções inteligentes para a cidade, contemplando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, alinhados com o PPP (Projeto Político-Pedagógico) de cada escola e com a Base Nacional Comum Curricular fundamentada no Ministério da Educação. Utilizamos ferramentas de tecnologias inovadoras, como impressora 3D, cortadora laser, software de programação e aproveitamento de sucatas”, explicou a coordenadora Luemy Ávila.

Sancionada através da Lei Municipal 4.271, de 2016, a instituição dos Conselhos Escolares, em Macaé, tem como objetivo servir de apoio à direção das escolas públicas municipais, sendo composto por representantes da comunidade local, profissionais da escola, alunos a partir de 12 anos, pais ou responsáveis.

“Os conselheiros escolares podem participar da elaboração do Projeto Político-Pedagógico, acompanhar a execução das ações pedagógicas, administrativas e financeiras da escola e mobilizar a comunidade escolar para a participação em atividades em prol da melhoria da qualidade da educação. Macaé possui 104 conselhos escolares”, destacou a coordenadora Márcia Corrêa.

De acordo com a prefeitura, a votação desses conselhos escolares contribui no acompanhamento e gerenciamento dos repasses financeiros para verbas federais, municipais ou próprias, como as verbas do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e Programa Municipal Dinheiro Direto na Escola (PMDE), entre outros.

Mais lidas da semana