Mídias Sociais

Política

Dr. Cláudio Agualusa denuncia ter sido vítima de Fake news na véspera da eleição

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

O médico de Búzios, Dr. Cláudio Agualusa, denunciou ter sido vítima de fake news na véspera desta eleição. Agualusa estava concorrendo a uma cadeira na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e afirma ter sido afetado diretamente com uma suposta notícia falsa, que foi postada nas redes sociais, na noite anterior as eleições.

Segundo o médico, ele foi informado que várias pessoas estavam em pontos diferentes de votação mostrando aos seus eleitores a postagem. A publicação feita pelo filho da suposta vítima dizia que o médico teria agredido uma mulher no Hospital de Búzios.

Agualusa já entrou com um registro de ocorrência contra a denúncia e apresentou os documentos para apreciação do promotor e juiz eleitoral. "Tomei as providências cabíveis, mas o estrago já estava feito! Inúmeras ligações, pessoas tristes e desesperadas atônitas com tanta maldade e pior, mentira, no dia da eleição. Vários eleitores e amigos relatando que pessoas estavam em diversos locais de votação com essa postagem, ora impressa, ora no celular, mostrando aos eleitores e que muitos rasgavam meu santinho com a colinha- permitida por lei e diziam que não votariam mais em mim porque agredi uma mulher", afirma o médico.

Ainda segundo Agualusa, a notícia sobre a agressão não nenhum fundamento."Para vocês entenderem melhor, a senhora em questão é prima segundo ela do paciente que fui acudir, no dia 23 de setembro. E essa postagem foi feita 14 dias depois. Não tem ocorrência policial, não tem exame de corpo delito. Nem bate boca houve, há testemunhas e já solicitei a gravação das câmeras do hospital, que monitoram tudo! A verdade virá" finalizou o médico.

 


 

Mais lidas do mês