Mídias Sociais

Política

Distritos Industriais de Campos, Macaé e São João da Barra serão beneficiados por convênio entre o DER-RJ e a CODIN

Avatar

Publicado

em

 

Os Distritos Industriais do Estado do Rio de Janeiro receberão, nos próximos meses, uma série de intervenções para a recuperação e conservação de suas infraestruturas. Entre eles, estão áreas em Campos dos Goytacazes, Macaé e São João da Barra.

As intervenções serão realizadas graças a um convênio assinado entre o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado (DER-RJ) e a Companhia de Desenvolvimento Industrial estadual (CODIN).

De acordo com o DER-RJ, o convênio prevê, entre outras ações, a implantação e a restauração de pavimentos, melhorias nas redes de drenagem pluvial, no saneamento, na iluminação e na sinalização das rodovias nessas áreas.

A CODIN é responsável pela implantação e gestão de 10 Distritos Industriais, totalizando uma área de aproximadamente 91,2 milhões de metros quadrados (m²), destinada ao desenvolvimento econômico do Estado do Rio.

Para o presidente do DER-RJ, Uruan Cintra de Andrade, o convênio entre as duas instituições é inédito e de extrema importância para desenvolvimento industrial e econômico do Estado.

“Promoveremos a manutenção e a pavimentação de estradas municipais, vicinais e de acessos aos municípios e distritos industriais. É um acordo de cooperação técnica e de obras, demonstrando, mais uma vez, a vontade do poder público de unir esforços para melhorar as estratégias de desenvolvimento socioeconômico implementadas pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro”, disse Uruan Cintra de Andrade.

Para o presidente da CODIN, Fábio Galvão, além de beneficiar o desenvolvimento das empresas já instaladas, a expectativa é de que o acordo atraia também novos negócios para essas áreas do Estado do Rio.

“A celebração desse acordo representa um fôlego renovado para esses complexos produtivos e, ao mesmo tempo, para a economia do Rio de Janeiro”, afirmou Fábio Galvão.

Secretário de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais do Estado do Rio, Lucas Tristão ressaltou que a infraestrutura é um pilar fundamental para o desenvolvimento industrial, e para a criação de condições que visam a consolidação de uma economia mais orgânica, dinâmica e competitiva.

“A partir da disponibilidade de infraestrutura, de mobilidade e trânsito entre os distritos industriais, surgirão novas dinâmicas, dentro da própria região, e entre as demais regiões do Estado do Rio de Janeiro. Teremos, certamente, cadeias produtivas mais coesas e eficientes. Arranjos Produtivos Locais também serão beneficiados”, concluiu Lucas Tristão.

Os Distritos Industriais são áreas predeterminadas pela administração pública como o melhor local para a instalação de indústrias devido, por exemplo, a vantagens logísticas e do terreno, como acontece nos municípios do Norte Fluminense, onde os Distritos Industriais implementados possuem mais chances de atrair investimentos, além de aumentar o número de empregos e ampliar a renda em todo o país.

Além das áreas no Norte Fluminense, os demais Distritos Industriais do Estado do Rio estão localizados em Campo Grande, Paciência, Palmares e Santa Cruz, na cidade do Rio; em Duque de Caxias e Queimados, na Região Metropolitana no Rio, e em Três Rios, na divisa com o Estado de Minas Gerais (MG).

Nos Distritos Industriais, a CODIN possui o controle e a manutenção das áreas, atuando na comercialização dos lotes para a implantação de empreendimentos, tendo ainda a responsabilidade na provisão da infraestrutura em articulação com órgãos e concessionárias do Estado.

Mais lidas da semana