Mídias Sociais

Política

Discussão entre vereadores da base governista esquenta o clima de sessão desta quarta, 8, na Câmara de Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Durante mais uma discussão sobre a encampação da água na Câmara Municipal de Macaé, os vereadores Julinho do Aeroporto (MDB) e Dr. Luiz Fernando (sem partido), que hoje ocupam a base do governo, trocaram acusações em sessão ordinária desta quarta-feira, 8.

Antes opositor ferrenho ao governo, e que virou a casaca, como diziam os mais experientes sobre mudanças bruscas de lado, Dr. Luiz Fernando, que se absteve da votação do projeto de municipalização da água, lembrou as obras para construção da Estação de Tratamento de Água de Rio das Ostras, que, segundo o parlamentar, retira água de um local em Macaé.

“Rio das Ostras não tem água. Retira água de Macaé. Todo o dinheiro arrecadado pela CEDAE em Macaé foi investido em Rio das Ostras, durante os governos [de Anthony] Garotinho e menininha (ex-governadora Rosinha Garotinho)”, criticou o vereador.

Mas a defesa do novo integrante da bancada irritaram o líder do governo, Julinho do Aeroporto, que reforçou a importância de sua atuação na ocasião ao esvaziar a sessão para impedir uma possível reprovação do projeto num momento em que havia apenas 12 vereadores mais o presidente da Casa, e, na análise do emedebista, a votação poderia terminar 7 a 5 para a oposição, ou, na melhor das hipóteses, 6 a 6, exigindo o voto de minerva de Dr. Eduardo.

A defesa causou alvoroço entre os governistas, fazendo com que Cristiano Gelinho (PTC) e o próprio Dr. Luiz Fernando se manifestassem sobre a manobra de Julinho, reforçando que, na ocasião, apoiaram o esvaziamento da sessão quando foi votado o projeto de municipalização da água.

“Não estou entendendo esses ataques do vereador. As únicas pessoas que me atacaram nas redes sociais, eu ia lá ver, é de Julinho, ia lá ver, é de Julinho. Eu acho que está faltando coerência”, questionou Dr. Luiz Fernando.

“É curioso o senhor falar em coerência. Se tem uma coisa que o vereador nunca teve aqui nessa Casa foi coerência. Chamava o governo de bom samaritano da rua da praia, falou em Operação Quinto do Ouro, até outro dia, falou isso aqui, pode procurar, está nas atas”, disparou Julinho, sobre as acusações feitas por Dr. Luiz Fernando ao governo desde o primeiro dia da atual legislatura, em 1 de janeiro de 2017.

As discussões entre os 2 vereadores, agora governistas, se acaloraram a tal ponto que o presidente da Casa precisou pedir aos parlamentares para que eles se acalmassem para que a sessão pudesse continuar.

Mas apesar dos pedidos do presidente, mesmo com o andamento dos trabalhos, Julinho e Luiz Fernando, que sentam-se lado a lado na Mesa Diretora, respectivamente, como 1º e 2º vice-presidentes da Casa, continuaram trocando farpas e insinuações durante a sessão.


 

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Avenida Atlântica, 2.500, sala 22 – Cavaleiros – Macaé/RJ

[email protected]
(22) 2765-7353

Mais lidas do mês