Mídias Sociais

Política

Decisão judicial obriga prefeitura de Cabo Frio a pagar professores

Avatar

Publicado

em

 

A prefeitura de Cabo Frio pagou parte dos salários atrasados dos professores. O pagamento foi efetuado nesta segunda-feira (11), graças a uma liminar expedida pela Justiça na sexta-feira (8), que determinou a apreensão de R$ 10.463.502,67 (dez milhões quatrocentos e sessenta e três mil quinhentos e dois reais e sessenta e sete centavos) das contas da Prefeitura para serem destinados à categoria.

Mas apenas uma parcela dos servidores da Educação recebeu o salário referente ao mês de junho. De acordo o SEPE Lagos, sindicato que representa a categoria, apenas 1/4 dos servidores recebeu. Com isso, a greve da Educação que completa um mês nesta terça-feira (13) está mantida, até que 100% dos professores recebam seus salários atrasados.

A coordenadora de comunicação do SEPE Lagos, Denise Teixeira, falou sobre a decisão: “Enquanto a prefeitura não cumprir a obrigação de pagar todos os servidores em dia, vamos manter a greve. Além do mais, ainda falta pagar as parcelas do 13º, férias e adicionais, que ainda não foram pagos” – disse ela.

 

Mateus Marinho

Mais lidas da semana