Mídias Sociais

Política

Decisão da ANP inocenta usina de Campos acusada de adulterar álcool em posto de gasolina de São Paulo

Publicado

em

 

Juiz da 28ª Vara Cível, de São Paulo, também se mostrou favorável à indústria campista

Tunan Teixeira

Uma decisão da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) acabou com a dúvida sobre a produção de álcool da Usina Canabrava, em Campos dos Goytacazes, município que atravessa grave crise financeira, assim como diversas cidades do estado, assim como o próprio Estado do Rio.

Em análise de amostras recolhidas na usina, a Agência emitiu um laudo técnico inocentando a empresa da denúncia de adulteração de álcool, comprovando a qualidade do produto da Canabrava.

No documento de fiscalização, a Superintendência de Fiscalização do Abastecimento da ANP informou também que foram retirados todos os lacres dos tanques de armazenamento da indústria para a coleta de amostras, que foram analisadas.

Segundo a ANP revelou à revista Viu!, não havia qualquer sinal de adulteração no álcool produzido pela Usina Canabrava. Ainda de acordo com a reportagem, o laudo seria a segunda cartada favorável em favor da indústria.

A Usina Canabrava foi beneficiada ainda pela decisão do juiz da 28ª Vara Cível, de São Paulo, que inocentou a empresa de uma acusação imputada por um posto de combustível que foi multado pela fiscalização, por ter sido flagrado vendendo combustível batizado.

Na ocasião, o comerciante tentou escapar da pena pela infração culpando o fornecedor, mas as investigações teriam encontrado indícios de um poderoso cartel das distribuidoras de combustíveis, que estaria tentando eliminar a concorrência.

Com a crise do setor do petróleo, que fez com que diversas cidades do estado perdessem postos de trabalho, aumentando o índice de desemprego na região a medida também em que a própria Petrobras se viu obrigada, pela crise e pelos escândalos de corrupção, a reduzir investimentos, com isso, finalizando contratos, a indústria sucroalcooleira passou a atrair a atenção de gestores do município de Campos e de outros na vizinhança, já que o setor era a base da economia da região antes da chegada da Petrobras, no fim da década de 70.

Foto: Reprodução

 

Mais lidas da semana