Mídias Sociais

Política

Com região de volta à fase laranja, Estado retira Macaé e Carapebus de lista das cidades que podem retomar aulas presenciais

Avatar

Publicado

em

 

Em atualização publicada nesta segunda-feira, 19, a Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro retirou 3 cidades da Região Norte Fluminense de sua lista de 16 municípios onde estavam autorizado o retorno das aulas presenciais na rede pública estadual de ensino.

De acordo com a pasta estadual as cidades de Carapebus, Macaé e São Francisco de Itabapoana seguem com as aulas presenciais suspensas a partir desta terça-feira, 20, porque a Região Norte Fluminense voltou para a fase laranja de cuidados com a pandemia do coronavírus, que representa risco moderado.

Com a retirada das cidades da lista, a retomada das atividades nas escolas continua esta semana em apenas 13 municípios do Estado, sendo agora, apenas 2 da região, Casimiro de Abreu e São Pedro da Aldeia.

As demais cidades são

Com a mudança, agora serão 397 escolas estaduais com aulas presenciais em todo o Estado, somando mais de 60,8 mil alunos que poderão optar por voltar às aulas presenciais nesta semana.

Além dos 2 municípios da região, as aulas presenciais também estão liberadas em Duque de Caxias, Italva, Itatiaia, Mesquita, Miracema, Natividade, Nilópolis, Niterói, Piraí e Seropédica, além da capital fluminense.
“No restante do Estado, as atividades pedagógicas serão exclusivamente remotas. Mesmo sem aulas presenciais, todas as escolas da rede ficarão abertas para que os estudantes retirem o material didático, além do kit alimentação”, explicou a Secretaria Estadual de Educação.

A pasta lembra ainda que 24 escolas nesses 13 municípios não poderão retomar as aulas presenciais, paralisadas em 16 de março em todo o Estado, porque as equipes de direção dessas unidades declararam fazer parte do grupo de risco do coronavírus.

Entre elas estão 3 colégios estaduais (CEs) de Casimiro de Abreu, o CE Santa Maria, em Barra de São João; o CE Indaiaçu, em Vargem Grande; e o CE Rio Dourado, em distrito de mesmo nomes.

Sobre essas unidades, a Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro ressalta que providenciará, ao longo dessa semana, uma solução administrativa para a retomada das atividades.

Mais lidas da semana