Mídias Sociais

Política

Cidades da região anunciam redução de 5 para 4 meses de intervalo entre 2ª e 3ª dose das vacinas contra o coronavírus

Publicado

em

 

Com o anúncio da redução do prazo entre a 2ª e a 3ª dose das vacinas contra o coronavírus, de 5 para 4 meses, feito pelo Ministério da Saúde no último sábado, 18, algumas prefeituras da região já atualizaram esse tempo de intervalo em seus calendários de vacinação.

Entre elas, estão Macaé, São Pedro da Aldeia e Campos dos Goytacazes, que começam, a partir desta terça-feira, 21, a aplicar a 3ª dose das vacinas Pfizer, AstraZeneca e CoronaVac, para pessoas que já tomaram a 2ª dose há, no mínimo, 4 meses.

“A redução do prazo de aplicação da dose de reforço (3ª dose) segue orientação da Secretaria Estadual de Saúde, com base em nota técnica do Ministério da Saúde”, confirmou a Prefeitura de Macaé.
Na cidade, os interessados podem procurar uma das 32 unidades que funcionam como polos de vacinação na cidade, devendo apresentar o comprovante de vacinação das duas doses, documento de identificação com foto, CPF ou Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).
Em São Pedro da Aldeia, além da redução do intervalo entre a 2ª e a 3ª dose para os 4 meses, a prefeitura anunciou também a aplicação da 4ª dose para pacientes imunossuprimidos, desde que tenham tomado a 3ª dose há, pelo menos, 4 meses. A cidade conta com 14 locais que funcionam como polos de vacinação.

Já em Campos, o anúncio da redução de 5 para 4 meses de intervalo entre a 2ª e a 3ª dose, também chamada de dose de reforço, foi justificado pela prefeitura como um das medidas de proteção contra a variante Ômicron, que já foi diagnosticada em São Paulo.

“O objetivo é ampliar a proteção, principalmente contra a variante Ômicron, com contaminação comunitária em São Paulo, além de reduzir possíveis hospitalizações e óbitos, em especial em grupos de risco”, explicou a Prefeitura de Campos.

O município lembra que, para receber a 3ª dose é necessário apresentar documento com foto, CPF ou Cartão do SUS, comprovante de residência, além do cartão de comprovação de vacinação com as datas de aplicação das duas doses anteriores.

No anúncio, a Prefeitura de Campos também confirmou a aplicação da 4ª dose para pacientes imunossuprimidos acima de 18 anos de idade que receberam a 3ª dose há, no mínimo, 4 meses.

Diretor de Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Campos, Rodrigo Carneiro acrescenta que a redução do intervalo também para pacientes imunossuprimidos ocorre para que não haja uma diminuição considerável na produção dos anticorpos pelo sistema imunológico, garantindo a proteção dos pacientes.

Mesmo sem confirmar a redução do intervalo de aplicação entre a 2ª e a 3ª dose, ou a aplicação da 4ª dose para pacientes imunossuprimidos, as cidades da região do entorno da Bacia de Campos seguem com seus calendários de vacinação contra o coronavírus nesta semana, que podem ser conferidos nos sites e das redes sociais de cada município.

Mais lidas da semana