Mídias Sociais

Política

Chuvas fortes dos últimos dias e previsão de pancadas de chuva no fim do dia até sábado preocupam Prefeitura de Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Devido às fortes chuvas que têm caído na região nessa virada de ano, e que se acentuaram nos últimos dias, a Prefeitura de Macaé anunciou nesta segunda-feira, 6 de janeiro, que continua monitorando a situação da cidade.

Para fazer esse monitoramento, a prefeitura destacou equipes das secretarias de Ordem Pública,  de Mobilidade Urbana, de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Acessibilidade, e de Infraestrutura, além da Secretaria Adjunta de Defesa Civil, que observam a cidade após a chuva forte que caiu no fim da tarde desta segunda.

“Pela cidade, verificou-se queda de árvore e tombamento de poste na Praça dos Navegantes, na Barra [de Macaé], que resultou em destruição parcial da Academia Municipal. Também na Barra, destelhamento parcial de uma das arquibancadas do Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo foi registrado”, detalhou a prefeitura, que confirmou que, segundo a Defesa Civil, não houve vítimas.

O município explicou também que, devido às fortes chuvas, houve quedas de árvores em alguns pontos da cidade, como Avenida Agenor Caldas, no bairro de Imbetiba, e de uma palmeira imperial na praça do Mercado de Peixes, no Centro.

Nesta terça-feira, 7, a prefeitura informou que equipes da Secretaria de Infraestrutura atuaram na Barra de Macaé, na Imbetiba, no Centro, indicados pela Defesa Civil, com a missão de liberar integralmente os locais onde houveram queda de árvores e um poste para retomada da normalidade.

Sobre a situação do Moacyrzão, como é conhecido o estádio, ainda nesta segunda, a Federação de Futebol do Estado do Rio (FERJ), emitiu um comunicado interditando o local por tempo indeterminado para partidas de futebol programadas pela entidade, até que os reparos em parte da cobertura de um dos setores do estádio, que desabou por causa das chuvas.

O documento foi assinado pelo diretor do Departamento de Competições (DCO) da FERJ, Marcelo Vianna, e afeta a disputa da Fase Preliminar do Campeonato Carioca da Série A, mais conhecida como seletiva, e na qual o Macaé disputa a participação da fase principal da competição estadual.

Em 2º colocado na competição que classifica duas equipes para a disputa principal, o Macaé disputará mais 2 jogos pelo torneio, nesta quarta-feira, 8, em Cardoso Moreira, contra o Americano, de Campos dos Goytacazes, e no próximo sábado, 11, como mandante, contra a Portuguesa, da Ilha do Governador. Com a interdição, o Macaé precisa enviar a indicação de um novo estádio para disputar a última rodada da seletiva.

Para tentar resolver os problemas do Moacyrzão, também nesta terça, a equipe da Secretaria de Infraestrutura esteve no estádio para fazer a retirada de peças.

“O uso de maçaricos e soldas provocou pontos de fogo, devido reação física à tinta da pintura da estrutura metálica, sem maiores riscos. Toda a operação é acompanhada pela Brigada de Incêndio do estádio e pela Defesa Civil”, explicou a prefeitura.

Ainda sobre a situação das chuvas no município, segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), as chuvas fortes podem se repetir nos próximos dias, com possibilidades de 80% de pancadas de chuva desta quarta-feira até sábado.

Mais lidas da semana