Mídias Sociais

Política

Carapebus também inicia vacinação contra o coronavírus de profissionais de educação das redes pública e privada

Publicado

em

 

Assim como outros municípios da região, Carapebus também iniciou nesta semana a vacinação contra o coronavírus dos profissionais de educação, tanto da rede pública quanto da rede privada de ensino.

A imunização está sendo oferecida para professores e profissionais da Secretaria de Educação que atuam nas escolas públicas do município e também para os professores e profissionais das escolas particulares da cidade.

A aplicação das doses de vacinas para os profissionais de educação está sendo realizada na escola Salim Selem Bichara, das 9h às 12h, de segunda a quarta-feira, com números reservados de vacinações para profissionais e escolas dependendo do dia.

A vacinação começou nesta segunda-feira, 7, com a imunização dos profissionais dos Centros de Educação Infantil Municipal (CEIM), Diogo Mancebo Reis e Ana Selem da Silva, e da escola particular Centro Educacional Liderando (CEL).

Nesta terça-feira, 8, estão sendo vacinados os profissionais de educação que atuam nas escolas Davi Lincoln e Salim Selem, enquanto que a previsão é que, nesta quarta-feira, 9, sejam aplicadas as doses de vacinas nos profissionais que atuam nas escolas Lameiros, Maria Ana Batista, Nicolau Zulo, Francisco Borba e Antônio Marcos.

Em publicação na página da prefeitura no Facebook, a secretária de Educação de Carapebus, Maria da Penha Albuquerque, agradeceu o empenho do governo municipal e da Câmara na vacinação dos profissionais de educação.

“Foi uma parceria entre a prefeita Christiane Cordeiro (PP), o vice Luiz Victor (PSDB), com os vereadores em benefício de toda a população. A vacinação para a Educação é um grande avanço para todos nós. Agradeço também o secretário de Saúde, Leonardo Moço, por somar parceria”, comentou Maria da Penha.

Além dos profissionais de educação, o município também segue com a vacinação de pessoas com comorbidades após a chegada, nesta segunda-feira, 7, de um novo lote de doses da vacina AstraZeneca, distribuídas pelo Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde, através do governo estadual.

Dentre as comorbidades listadas pelo município, estão portadores de pneumopatias graves, doença pulmonar obstrutiva crônica, fibrose cística, fibrose pulmonar, pneumoconíose, displasia broncopulmonar, asma, e imunossuprimidos, como por exemplo, portadores de HIV, câncer e anemia falciforme.

A prefeitura lembra que, para receber a 1ª dose da vacinação, os pacientes dessas comorbidades devem apresentar laudo médico comprovando a doença, acrescentando que os pacientes imunossuprimidos devem apresentar ainda uma indicação médica para vacinação.

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Avenida Atlântica, 2.500, sala 22 – Cavaleiros – Macaé/RJ

cliquediario@gmail.com
(22) 2765-7353

Mais lidas da semana