Mídias Sociais

Política

Canal do Capote, em Macaé, passará por limpeza e Parque da Cidade ganhará estação elevatória da rede de esgoto

Avatar

Publicado

em

 

A Prefeitura de Macaé iniciou nesta semana o trabalho de limpeza no Canal do Capote, na altura do Bairro da Glória, com objetivo de realizar a retirada das plantas aquáticas chamadas gigogas, além de fazer a roçada e capina no entorno do canal.

De acordo com o secretário adjunto de Serviços Públicos, Júlio Antunes, a ação conta com 8 homens, 2 caminhões e duas máquinas retroescavadeiras.

“As equipes estão executando o serviço de retirada da vegetação, que além de reduzir o fluxo das águas, favorece a proliferação dos mosquitos Aedes aegypti e pernilongos”, lembrou o secretário adjunto.

Irmão do vereador Paulo Antunes (MDB), Júlio Antunes acrescentou que após a conclusão dos trabalhos no Canal do Capote, que têm previsão de serem concluídos na próxima semana, as equipes vão atuar no canal que corta todo o bairro do Mirante da Lagoa, onde também farão a retirada de plantas aquáticas, além de outras ações.

Em parceria com a concessionária responsável pelo serviço de saneamento no município, a BRK Ambiental, a prefeitura também está dando continuidade às obras do Subsistema Centro, com o início da construção da Elevatória B8A-03 (EE), localizada no Parque da Cidade.

De acordo com a BRK Ambiental, a programação inclui atividades no trecho ao longo de 2020 e, quando concluída, a EE poderá atender moradores dos bairros Centro, Valentina Miranda, Imbetiba, Costa do Sol, Praia Campista, Cajueiros, Alto dos Cajueiros, Miramar e Campo do Oeste.

A nova elevatória estará em uma área de 1.283 metros quadrados (m²) e terá capacidade de bombeamento de 307,27 litros por segundo, tendo todo seu efluente direcionando para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Centro, que fica na Linha Verde.

“As equipes já estão realizando as ações de topografia do local, o que permite descrever as características do terreno com exatidão, incluindo as diferenças de nível (inclinações). E nos próximos dias a área que fica próxima aos antigos campos de grama sintética, onde futuramente funcionará a EE, será cercada para o andamento dos trabalhos”, completou a concessionária.

A BRK Ambiental lembrou ainda que, por meio de um contrato de Parceria Público-Privada (PPP) válido por 35 anos a contar de 2012, a concessionária e a Prefeitura de Macaé coletam e tratam mensalmente 205 milhões de litros de esgoto em sua área de atuação no perímetro urbano do município. Desde 2012, a PPP em Macaé já investiu 151 milhões de reais em 66 quilômetros (Km) de redes e nas ETEs do Mutum e do Centro.

“No caso do Subsistema Centro, a prefeitura e a BRK Ambiental seguem trabalhando para aumentar o acesso à coleta e ao tratamento de esgoto com novas redes. Em 2019, o investimento foi superior 28 milhões [de reais] e neste ano estão previstos mais de 90 milhões de reais em obras, incluindo a construção da nova elevatória do Parque da Cidade”, concluiu a BRK Ambiental.

Mais lidas da semana