Mídias Sociais

Política

Câmara de Macaé rejeita proposta de convocação da secretária de Saúde em meio à pandemia do coronavírus

Avatar

Publicado

em

 

A Câmara Municipal de Macaé reprovou, em sessão por videoconferência nesta quinta-feira, 28, uma proposta de convocação da secretária de Saúde, Deuzilane Galiza, de autoria dos vereadores Marcel Silvano (PT) e Dr. Márcio Bittencourt (CIDADANIA).

A proposta causou bastante debate entre os parlamentares devido ao tema, que era um pedido de informações sobre as estratégias que o município está traçando para combater o avanço da pandemia do novo coronavírus no município.

Na manhã desta quinta-feira, de acordo com boletim diário da Secretaria de Saúde, a cidade de Macaé registrava 732 casos confirmados da doença, com 25 casos fatais. Os números apresentam um aumento de 63 casos em 24 horas, o equivalente a 9,41%, o maior desde o início da pandemia na cidade.

Autores da proposta, os vereadores Marcel Silvano e Dr. Márcio Bittencourt elogiaram a atuação da pasta e do prefeito Dr. Aluizio (PSDB) no combate à pandemia, mas solicitavam informações que não constam nos boletins diários, como, por exemplo, o número de testes realizados no município e ações de estratégia no combate ao avanço do vírus.

Um dos principais pontos de divergência foi apontado pelo presidente da Casa, Dr. Eduardo Cardoso (PODE), foi que o requerimento de convocação da secretária era ininterrupta, o que interferia na competência da presidência, responsável pela definição de data, hora e tema, o que é regimental e invalidaria a proposição.

Além disso, os vereadores da bancada governista defenderam que a Secretaria de Saúde têm feito, juntamente com o prefeito, um grande trabalho no combate ao avanço do vírus, considerado até mesmo pioneiro dentro do Estado do Rio, já que diversas medidas de isolamento social e restrição de circulação que acabaram sendo utilizadas em todo o país foram tomadas em Macaé desde o início da pandemia.

Mais lidas da semana