Mídias Sociais

Política

Cabo Frio consegue reduzir número de internações por coronavírus em quase 80% desde janeiro desse ano

Publicado

em

 

A Prefeitura de Cabo Frio divulgou números do 1º semestre de 2021 apresentando queda de quase 80% nos casos de pacientes internados por coronavírus, de mais de 40% nos óbitos provocados pela doença no mesmo período.

Os dados são referentes à semana epidemiológica de 13 a 19 de junho, em comparação com o período entre 10 e 16 de janeiro deste ano, quando aconteceu a campanha de vacinação contra o vírus no início desse ano.

Entre essas semanas de janeiro e de junho desse ano, o município apresentou queda de 78,4% no número internações, e de 41,7% no número de mortos por coronavírus, detalhando as informações por faixa etária.

De acordo com o levantamento feito pelo setor da Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde de Cabo Frio, a maior redução em casos de internação e óbitos foi na faixa etária de 80 anos ou mais, que apresentou queda de 90%.

Segundo a prefeitura, na população entre 70 e 79 anos de idade, também houve redução de 90% dos óbitos, e de 66,7% das internações, enquanto que, na faixa etária entre 60 a 69 anos de idade, a queda foi de 75% nos casos de internações.
“O resultado positivo, com a queda da gravidade das infecções, é devido às medidas restritivas para evitar a disseminação do vírus e ao andamento da vacinação”, afirmou a Secretaria de Saúde.

A prefeitura também revelou que, até o momento, 82,11% da população com 70 anos ou mais de Cabo Frio já completou a imunização, com as duas doses das vacinas contra o coronavírus, e que quase 40 mil pessoas entre 50 e 69 anos, além de profissionais de educação, e pessoas com comorbidades e deficiências permanentes ainda receberão a 2ª dose até setembro.

Secretário de Saúde de Cabo Frio, Felipe Fernandes também reforçou a necessidade de a população que já recebeu a 1ª dose, procure as unidades de saúde conforme calendário formulado pela prefeitura para receber a 2ª dose, necessária para completar a imunização.

“A 2ª dose é muito importante, pois aumenta a proteção contra o coronavírus e ajuda a prolongá-la. Quem perdeu o prazo da aplicação, também deve comparecer para se vacinar. O estoque de imunização é separado em 1ª e 2ª dose, e as vacinas ficam reservadas. O avanço da imunização é uma ação conjunta e conta também com cada cidadão que se vacina conforme o calendário, tomando a 1ª e 2ª doses da vacina”, explicou o secretário.

O município lembra que o intervalo entre a 1ª e a 2ª dose da vacina CoronaVac é de 28 dias, enquanto que o intervalo entre a 1ª e a 2ª dose das vacinas AstraZeneca e Pfizer é de 12 semanas, ressaltando que a pessoa que contrair a doença deve-se aguardar 30 dias após o resultado do exame positivo para dar continuidade à vacinação.

“Além de todas as ações do município, como reforço no teste para identificação do diagnóstico e demais medidas de prevenção, a Prefeitura de Cabo Frio alerta que o mais importante e eficiente é a conscientização da população, que deve evitar aglomerações, utilizar máscara e seguir as recomendações dos profissionais de saúde”, concluiu o município.

Mais lidas da semana