Mídias Sociais

Cidades

Búzios e Cabo Frio estão prontas para iniciarem as campanhas eleitorais e prometem uma disputa intensa

Avatar

Publicado

em

 

Começa nesta terça-feira, 16, a corrida eleitoral da campanha, que será a mais curta dos últimos 30 anos, o que promete deixar a disputa ainda mais intensa. A partir de agora ficam autorizados o uso de alto-falantes, amplificadores de som, comício, propaganda eleitoral na internet, distribuição de material gráfico e realização de caminhada e carreata. O prazo de campanha segue até as 22 horas de 1º de outubro, véspera da votação.

No município de Búzios, os 25.868 eleitores terão que decidir entre cinco nomes para administrar o balneário. A campanha apesar de ser intensa, promete ser mais tranquila, se encaixando perfeitamente ao perfil da cidade. Em encontro realizado com residentes e vice-presidentes dos partidos, assessorias jurídicas, Ministério Público e juizado eleitoral, foi acordado que seria uma eleição sem carros de som, sem placas, sem fogos, sem carreatas, tendo como objetivo final, que o candidato conquiste o voto, através do diálogo e o debate com o eleitor.

Nessa disputa está o atual prefeito da cidade, André Granado (PMDB), que poderá concorrer sem nenhum empecilho depois da liberação da justiça. André tem como vice, o atual presidente da Câmara Municipal, Henrique Gomes (PP), que agrega ainda mais força a chapa.

Com sua proximidade histórica com o atual governador em exercício do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, Henrique se mostrou, além de político experiente e vereador marcante, um engenhoso articulador que trouxe para o projeto político do partido três vereadores com mandato: O experiente, considerado um decano da política buziana, Messias Carvalho, o atuante Lorran Silveira, e a única representante feminina na Câmara, Joice Costa.  O partido também se fortaleceu montando uma nominata para concorrer às eleições apoiando as candidaturas de André e Henrique coligando-se com o PSC, PSDC, PMB e PSD, criando projeções positivas de que sejam eleitos 3 do grupo, podendo chegar a 4 eleitos.

            Até então, também está briga pela cadeira do executivo o ex-prefeito Mirinho Braga (PDT), que terá o vereador e ex-pré-candidato a prefeito, Leandro Pereira (PHS) como vice. A coligação denominada Volta Búzios é composta por 3 partidos PDT, PHS e PT.

Alexandre Martins (PRB) também estará trabalhando para conquistar a prefeitura, após ter sido vereador, vice-prefeito e secretário de saúde e administração, ele trará como vice Evandro. A coligação Governo Transparente Corrupção Zero conta com o apoio do PTdoB, PcdoB, PV, PSB e PROS.

Ampliando a disputa o vereador Felipe Lopes (DEM) virá como candidato a Prefeito, tendo como vice o vereador Genilson Drumond (SD). O nome de Felipe foi escolhido em convecção realizada com os partidos PSDB, PPS e PRTB, que somam força a candidatura. A chapa ainda é composta pela coligação com o Solidariedade, PTB, PT do B e PMB.

Ainda na briga, entra o nome de Dr. Claudio Agualusa (PSB), o ortopedista disputará pela primeira vez a prefeito, tendo como vice Zé Barbosa. O candidato vem pela coligação "POR AMOR A BUZIOS- sem corrupção", que é composta pelo PRP, PTN PTC e PSOL.

Já em Cabo Frio a disputa será maior, com direito a carros de som, placas e tudo mais que tiver dentro dos limites nacionais. A cidade que vive momentos bem negativos no que se diz respeito a administração municipal, terá cinco candidatos concorrendo a prefeito.

Sem problemas na Justiça, o vereador Dr. Adriano (REDE) conseguiu fechar aliança de última hora e terá Cristiane Fernandes (PRP) como sua vice. A coligação Mudança Verdadeira é composta pela REDE somada ao PRP,  PPL e PTC. A ideia que o grupo quer trazer é exatamente o que o nome diz, de mudança, fazendo oposição aos políticos antigos da cidade.

Também trabalhando em cima do conceito de mudança, o Deputado Estadual Jânio Mendes (PDT) traz como vice, o empresário Waldemir Mendes do mesmo partido. A coligação Juntos pela Mudança é composta pelo PDT, PSL, PMN, PMB, PC do B, PSDC, PSB e PT, que acabou desistindo na última hora de lançar sua própria candidatura.

O PSOL com de costuma caminha sem coligações. Mas uma vez o nome escolhido foi do economista Cláudio Leitão, que trará como vice o advogado e empresário de Tamoios, Jorge Richele.

Ainda na disputa, o Deputado Federal Marquinho Mendes (PMDB) tentará retornar a prefeitura após os quatros anos que teve que se afastar por conta da Lei, já que anteriormente já tinha exercido dois mandatos na cidade. Até então, se a justiça permitir, seu vice-prefeito será o seu irmão Dr. Carlos Victor (PMDB).

Para finalizar, após a desistência do atual prefeito, Alair Corrêa, em concorrer à reeleição, o deputado federal Dr. Paulo César (PSDB) irá brigar mais uma vez pela cadeira do executivo.

 

 

 

Mais lidas da semana