Mídias Sociais

Política

BRK Ambiental substituirá Prefeitura de Macaé na operação do Subsistema Lagomar

Avatar

Publicado

em

 

Depois de anunciar uma nova fase de obras de esgotamento sanitário para esta semana em Macaé, a BRK Ambiental esclareceu que assumiu a operação do Subsistema Lagomar, que antes estava sob responsabilidade da prefeitura.

Segundo a empresa, concessionária responsável pelos serviços de tratamento de esgoto no município, a unidade atende aos bairros Lagomar e Engenho da Praia, beneficiando mais de 35 mil pessoas, e com a mudança, passará a cuidar da coleta, do afastamento, do tratamento e da destinação final do esgoto gerado nos 2 bairros.

Construído pela prefeitura em 2013, o Subsistema Lagomar conta com 56 quilômetros de redes coletoras de esgoto e 14 estações elevatórias, sendo 11 no Lagomar e 3 no Engenho da Praia, além da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Lagomar, que tem capacidade para tratar até 40 litros de esgoto por segundo.

“Neste período, para contribuir com a qualidade operacional e acelerar o atendimento à população, a BRK Ambiental prestou apoio ao poder público. Agora, cabe à empresa a administração desta estrutura”, comentou a concessionária responsável pelos serviços de saneamento do município.

De acordo com o diretor da BRK, Sergio Trentini, a região requer cuidados para a preservação dos recursos naturais presentes nos 2 bairros, evitando que o esgoto tratado na estação seja despejado na natureza.

“As residências poderão ter seu esgoto coletado, tratado e devolvido à natureza seguindo as mais rigorosas normas ambientais e esperamos que a população comece a sentir os impactos positivos disso o quanto antes”, completou o diretor.

Entretanto, a BRK Ambiental lembra que os bons resultados do trabalho não dependem somente da empresa, ressaltando a importância da parceria com a população na ligação correta das residências e comércios à rede de esgoto, assim como na conservação da rede, não fazendo o descarte de resíduos em ralos e bueiros.

“Com todos fazendo seu papel neste ciclo, a BRK e a população, os benefícios serão inúmeros para estas localidades, como a redução de doenças, preservação do meio ambiente e criação de novas oportunidades de desenvolvimento econômico”, finalizou Sergio Trentini.

Mais lidas da semana