Mídias Sociais

Política

Aulas virtuais da rede pública municipal de Carapebus foram retomadas nesta segunda-feira, 3 de agosto

Avatar

Publicado

em

 

A Prefeitura de Carapebus iniciou nesta segunda-feira, 3 de agosto, o retorno das aulas não presenciais da rede pública municipal de ensino, que continuarão sendo realizadas de maneira virtual, através do site da Secretaria de Educação, de grupos de WhatsApp, e de material impresso disponível nas escolas.

“Os responsáveis e alunos precisarão ficar atentos aos informativos emitidos pelas unidades escolares para que possamos dar continuidade às atividades. Desde já desejamos um 2º semestre cheio de realizações e conquistas para todos e, acima de tudo, muita saúde e paz”, escreveu o município, em nota.

A prefeitura destacou também que, apesar do planejamento de retomada das aulas de maneira virtual, o município não tem previsão de data para o retorno das atividades presenciais na rede pública municipal de ensino, ressaltando que o principal objetivo do governo municipal é a preservação de vida durante a pandemia do coronavírus.

O município, porém, não explicou como vai fazer para resolver os problemas de acesso à internet, que é um problema nacional, visto que 25% da população brasileira sofre com a falta de acesso às redes, segundo dados de abril desse ano do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Sobre a merenda escolar, considerada a principal refeição diárias de milhões de alunos matriculados na rede pública municipal de educação em situação de vulnerabilidade social, a prefeitura garantiu que manterá a distribuição de alimentos que já vem sendo feita para os alunos e suas famílias.

“Desde o início da suspensão das aulas, os alimentos que já haviam sido adquiridos e entregues nas unidades escolares, estão sendo destinados aos alunos através de kits de alimentação. No momento estão sendo atendidos os alunos em situação de vulnerabilidade social, os quais passaram por triagem com a equipe gestora e serviço social desta secretaria”, acrescentou a pasta da Educação.

Além disso, a gestão revelou que deve ampliar as ações referentes à merenda escolar visando contemplar a todos os alunos. Para isso, neste 2º semestre, será implantado o Programa Cartão-Alimentação, no valor de 70 reais, pelos próximos 3 meses, medida que pode ser prorrogada conforme a paralisação das aulas continuar.

“Estaremos divulgando a data que as unidades escolares estarão realizando a entrega do referido cartão para os responsáveis. Vale destacar que iremos cumprir com as exigências sanitárias e protocolos de Saúde, para a segurança de todos. É importante destacar que o programa apresentado acima não possui nenhum vínculo com distribuição de cestas básicas realizadas pela Secretaria de Assistência Social, portanto as dúvidas referentes a esta ação deverão ser sanadas na secretaria de origem. Ressaltamos que todas as ações desta Secretaria [de Educação] estão sendo construídas e executadas de forma transparente, através de reuniões com gestores, equipe pedagógica, Conselho Municipal de Educação, Conselho Municipal de Alimentação Escolar e demais técnicos da secretaria”, detalhou o governo municipal.

Para esclarecer dúvidas da população, os pais ou responsáveis podem procurar a Secretaria de Educação, que atende de segunda à sexta, das 9h às 13h, ou as escolas nas quais os alunos estejam matriculados, que atendem das h às 12h, além das informações oferecidas pelo site da pasta, através do endereço eletrônico semedcarapebus.com.

“Aproveitamos a oportunidade para agradecer imensamente todos os  profissionais da Secretaria de Educação que estão de forma brilhante conduzindo o fazer pedagógico de nossas unidades escolares, agradecemos também aos pais e responsáveis pela parceria e principalmente aos nossos alunos pela dedicação, estamos distantes, mais unidos pela educação do nosso município”, concluiu a prefeitura.

Mais lidas da semana