Mídias Sociais

Cidades

Ambição pelo Executivo pode deixar Câmaras Municipais da região sem representantes mais jovens

Avatar

Publicado

em

 

Não é de hoje que os eleitores brasileiros pedem por uma renovação nos cargos públicos nas eleições, culpando velhos nomes pela situação política e econômica do país.

Desde 2013, com a explosão da participação política em algumas camadas da sociedade através das redes sociais, que democratizaram o acesso à informação, e que culminaram com as manifestações de julho daquele ano contra o aumento das tarifas do transporte coletivo em diversas capitais brasileiras, a população tem visto cada vez mais crescer o discurso de renovação na política.

E a Região dos Lagos e do Norte Fluminense não foge à regra. Mas o discurso de renovação, que realmente trouxe novos nomes e renovou um pouco das Câmaras Municipais no atual mandato, parece ter subido à cabeça de alguns jovens políticos, que decidiram trocar o Legislativo para tentar concorrer ao Executivo nestas eleições.

É o caso de diversas cidades da região, entre elas, Macaé, onde dois dos jovens que recentemente passaram pela Câmara, resolveram abdicar de tentar reforçar seus papéis no Legislativo para disputar as eleições para prefeito.

Com as candidaturas de Igor Sardinha (PRB), de 35 anos, e Danilo Funke (REDE), 37, à prefeitura, sobrou ao vereador Marcel Silvano (PT), 33, e à vereadora Renata Paes (PSC), 30, únicos remanescentes da jovem sofra recente, a missão de continuar o processo de renovação do Legislativo macaense, em uma cidade que vive às voltas com discursos contra a “velha política” que permitiu que uma das cidades mais importantes e mais ricas da região permanecesse até 2012 com menos de 10% de seu esgoto tratado, por exemplo.

Mas Macaé, que atualmente possui mais de 60% de seu esgoto tratado, não é a única cidade que sofre com essa ambição de jovens políticos à prefeitura, deixando o Legislativo à mercê das “velhas caras” nestas eleições. Em Armação dos Búzios, o também vereador Felipe Lopes (DEM), 35 anos, mais jovem entre os 9 parlamentares do município, decidiu apostar suas fichas na disputa pelo Executivo. O mesmo ocorre em Carapebus, onde Bernard Tavares (PRB), 32, o mais jovem da atual Câmara, vai disputar a sucessão do atual prefeito, Amaro Fernandes (PMDB), e em São Pedro da Aldeia, onde o também vereador Robinho do RX (PRB), 31, será vice de Elizangela Lôbo (PSB) na disputa pela prefeitura municipal.

Nas outras cidades da região, muitos jovens vereadores tentarão renovar seus mandatos, como Zé Antônio da Agrijar (PSDB), 32, e Penha (PMDB), 28, e Paulinho Corrêa (PSL), em Araruama; Thiago Fantinha (PSC), 36, Fabrício Vargas (PV), 33, e Ayron Freixo (PRB), 30, em Arraial do Cabo; Vanderlei Bento (PMB), 29, Aquiles Barreto (SD), 31, e Rodolfo de Rui (PPS), 35, em Cabo Frio; Rafael Jardim (PSB), 35, em Búzios; Vaguinho (PRB), 28, em Conceição de Macabu; e Misais Machado (PSDB), 30, em Rio das Ostras.

Tunan Teixeira

Mais lidas da semana