Mídias Sociais

Política

Ação da Secretaria de Ambiente Sustentabilidade de Macaé e Inea resgatam onça parda no Sana

Publicado

em

 

A Prefeitura de Macaé e o Instituto Estadual de Ambiente (Inea) realizaram uma ação conjunta para salvar uma onça parda macho, que foi encaminhada para a Reserva Biológica União (Rebio União), que preserva importante fragmento de Mata Atlântica no Estado do Rio.

A ação contou com a atuação da Secretaria de Ambiente de Sustentabilidade de Macaé, e a Rebio União é administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Capturado após ficar preso, acidentalmente, em um galinheiro de propriedade privada na comunidade de Andorinhas, no Sana, na região serrana de Macaé, o animal será tratado na Rebio União antes de ser solto novamente em seu habitat natural.

“Cuidamos para que o animal e a população local ficassem em segurança e informamos ao secretário estadual de Ambiente, Thiago Pampolha, que encaminhou o superintendente regional Ronaldo Paes, juntamente com o diretor de Fauna, João Eustáquio, e o coordenador Marcelo Cupello”, contou o secretário de Ambiente e Sustentabilidade de Macaé, Juninho Luna.

O secretário informou ainda que, tão logo a pasta foi avisada, os agentes seguiram para a localidade depois de entrar em contato com os órgãos do governo estadual, atuando em conjunto com os agentes do Inea.

“O trabalho em conjunto foi feito com todo o cuidado para que a onça pudesse ser retirada e conduzida com responsabilidade até o local de tratamento para reidratação no Rio, onde passou por exames para ser devolvida à natureza”, acrescentou a prefeitura.

Juninho Luna acrescentou que a pasta segue atuando em toda a cidade, atendendo diversas demandas, e trabalhando no cuidado da fauna presente no município, reforçando a importância da preservação do meio ambiente.

“A secretaria vem atuando nas mais variadas demandas e estando presente em tudo que é importante para o bem-estar de nossa fauna. Que este gesto possa servir de exemplo para toda sociedade do quanto é importante a preservação e o aprendizado da convivência com os animais”, defendeu Juninho Luna.

Essa não é a 1ª vez que onças pardas são flagradas no Estado do Rio nos últimos anos. Só em 2021, animais desta espécie foram vistos em Petrópolis e em Nova Friburgo, na Região Serrana; em Valença, no Sul Fluminense; Angra dos Reis e Paraty, na Região da Costa Verde; e até mesmo na Zona Oeste e da capital.

Considerada o 2º maior felino do Brasil, a onça parda é uma espécie classificada como vulnerável pelo ICMBio, e voltou a aparecer na cidade do Rio após 80 anos de ausência, e tida como extinta na capital fluminense.

Mais lidas da semana