Mídias Sociais

Polícia

PM prende um dos suspeitos de assalto a joalheira em Macaé

Publicado

em

 

Além da captura de um dos envolvidos no crime, a polícia recuperou 15 anéis e 11 relógios que haviam sido roubados. 

A Polícia Militar prendeu na noite de quinta-feira (30), um dos suspeitos de cometer o assalto a joalheria Creuza Joias, ocorrido no dia 22 de novembro, em Macaé.

Jutaí Melo Pereira, de 30 anos, foi preso na Rua W 16, no Lagomar, após denúncias anônimas informando a sua localização. Segundo a polícia, ele confessou a participação no crime.

Após a captura de Jutaí, a PM recebeu informações de que os objetos roubados na loja estavam na casa de outro suspeito de cometer o crime, localizada também no Lagomar.

Após diligência a residência do homem, identificado apenas como Renan, os agentes encontraram 15 anéis e 11 relógios que foram roubados da loja, além de uma camisa e um boné, que teria sido utilizado por Renan no dia do crime, segundo as imagens da câmera de monitoramento do estabelecimento.

Ainda de acordo com a policia, o segundo suspeito não estava em casa e os agentes foram recebidos pela esposa dele.

Ela foi conduzida até a delegacia do município como testemunha, sendo ouvida e liberada em seguida.

Já Jutaí foi atuado por roubo e ficou preso na sede da Polícia Civil, aguardando transferência para o sistema penitenciário.
As buscas pelos suspeitos de praticarem o assalto à joalheria continuam.

Autor: Bertha Muniz

Foto: Divulgação/PM

Mais lidas da semana