Mídias Sociais

Destaque

Operações do GAT causam prejuízo ao tráfico em Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Um menor que guardava drogas, armamento e dinheiro do tráfico foi apreendido em casa durante uma das ações

 

Bertha Muniz

Homens do Grupo de Ações Táticas da Polícia Militar (PM) deram mais um grande prejuízo ao tráfico em Macaé, durante duas ações realizadas na madrugada de ontem (30). Na Barra de Macaé, após uma denúncia anônima, militares chegaram até um local onde um adolescente de 17 anos, suspeito de ser o braço direito do chefe de plantão do tráfico, estaria escondido e guardando drogas.

O menor foi apreendido em casa, dentro do seu quarto. No local, a polícia encontrou 3.200 papelotes de cocaína, uma pistola calibre 09 milímetros com um carregador e sete munições intactas, R$ 19. 034,00 (dezenove mil e trinta e quatro reais) em espécie e varias anotações da contabilidade do tráfico de drogas.

Horas antes, as equipes do GAT haviam apreendido 509 buchas de maconha, na Malvinas. Outra denúncia anônima motivou a operação. A delação dava conta de que traficantes haviam guardado a droga próximo à um bambuzal, na linha férrea que corta a comunidade. Após buscas na região, os policiais conseguiram desenterrar um tonel plástico onde a maconha estava escondida.

As ações fazem parte de uma estratégia para o combate ao tráfico de drogas na região. As ocorrências foram registradas na 123ª Delegacia Policial de Macaé (123ª DP). O menor apreendido na Barra de Macaé ficou detido na delegacia para ser apresentado ao Ministério Público na companhia de um responsável. As drogas arrecadadas foram encaminhadas ao Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE).

Mais lidas da semana