Mídias Sociais

Destaque

Operação Toxicity: Polícia encontra pulseira de relógio de vigia torturado em Cabo Frio durante buscas por restos mortais

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Objeto foi localizado nesta quinta-feira (3). Esposa de uma das vítimas reconheceu acessório.

Durante as ações da nova fase da Operação Toxicity, deflagrada nesta quinta-feira (3), na Favela do Lixo, no bairro Manoel Corrêa, em Cabo Frio, policiais encontraram a pulseira do relógio de um dos vigias do Espírito Santo, sequestrados e torturados por traficantes.

Segundo informações da Polícia Civil, o material foi recolhido durante escavações nas dunas do bairro e reconhecido pela mulher de Luiz Paulo dos Santos França, de 29 anos.  De acordo com o exame de DNA, o material biológico encontrado nas últimas operações não pertence aos vigias.

As buscas pelos vigias foram retomadas nesta quinta e agentes das polícias Civil e Militar, em parceria com Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e Instituto Estadual do Ambiente (Inea), participaram da ação. As investigações seguem em andamento na 126ª Delegacia Policial de Cabo Frio (126ª DP). Ainda de acordo com a Polícia Civil, além da continuidade pela procura dos restos biológicos, também serão realizadas buscas por criminosos que possuam mandado de prisão.

Mais lidas da semana