Mídias Sociais

Destaque

Jovem é executado a tiros durante a madrugada em rua da Ajuda de Baixo

Avatar

Publicado

em

 

Polícia Civil ainda não tem dados do autor e o motivo que levou rapaz a morte

 

 

 

Lucas Ferraz foi executado com vários tiros quando andava pelas ruas da Ajuda de Baixo – onde reside – na madrugada desta sexta-feira (11). O crime aconteceu na Rua 2 e não há qualquer pista do responsável pelo crime. Apesar dos comentários nas redes sociais de que o garoto era de boa índole, estuda-se a hipótese do mesmo estar ligado a alguma facção, ou que tenha ido a outro bairro, que pertence a grupo criminoso e isso tenha resultado em “afronta” para criminosos que atuam na Ajuda de Baixo.

Em uma postagem, um grupo criminoso denominado Trem Bala colocam a facção A.D.A. como responsável pela morte de Lucas Ferraz. A tia do jovem executado além do lamento da perda afirma que ele era trabalhador e responsável. Outra pessoa, Léo de Almeida em seu post afirma “Macaé pede paz, mas com a falta de segurança em nossa cidade por conta dos governantes, deve ser por isso que a paz não reina por aqui. Lamentavelmente, o ano por aqui se inicia dessa forma como foram os últimos anos. Pessoas sendo abatidas feito animais, jovens e adolescentes vivendo pouco e famílias chorando sem consolo algum. Triste isso, mas é verdade! E agora, fazer o quê?”.

Moto recuperada

Na noite de quinta-feira (10), os policiais militares do 32º BPM após receber informações privilegiadas recuperaram no bairro Parque Aeroporto, uma moto CG 150 preta que a estaria sendo utilizada para praticar assaltos na cidade.

A moto estava estacionada em rua do bairro e apesar de “campana” montada para encontrar seu condutor, os PMs não encontraram ninguém. A equipe encaminhou a motocicleta pra 123ª Delegacia onde está apreendida.

Ainda na tarde de quinta, em diligência no bairro Lagomar os policiais do 32º BPM avistaram um homem em um terreno baldio com uma sacola nas mãos. Ao avistar a viatura, o homem fugiu pulando muros da vizinhança, deixando cair a sacola contendo 51 pinos de cocaína. Foi realizada uma varredura no local não sendo possível capturar o traficante. Diante dos fatos, a equipe procedeu a 123ª Delegacia para medidas de praxe entregando a droga apreendida.

Tânia Garabini

Mais lidas do mês