Mídias Sociais

Destaque

Homem é preso com arma após confronto com a PM no Bosque Azul, em Macaé

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Na residência dele, foi apreendida uma pistola com carregador e nove munições.

Um homem foi preso após uma troca de tiros entre a Polícia Militar (PM) e suspeitos de tráfico, na noite desta quarta-feira (24), no condomínio Bosque Azul, em Macaé.

Segundo a PM, a ação foi deflagrada após denúncias de que integrantes de uma facção criminosa estariam reunidos em uma localidade dentro do Bosque Azul, conhecida como “Curral do Paulinho”, com o intuito de dar um ataque a uma facção rival.

Ainda de acordo com a PM, ao incursionarem a localidade, os militares foram recebidos a tiros e revidaram a agressão. Houve confronto, mas ninguém se feriu. Os suspeitos conseguiram fugir por uma mata que dá acesso ao condomínio. Após o cessar fogo, os agentes receberam informação de que um dos autores do ataque aos militares estaria andando pelas redondezas junto de sua namorada.

A polícia montou o cerco no local e conseguiu localizar o suspeito. Na residência dele, foi apreendida uma pistola com carregador e nove munições. O envolvido foi levado para a 123ª Delegacia Policial de Macaé (123ª DP), onde foi autuado e ficou preso aguardando transferência para o sistema penitenciário.  O material apreendido foi entregue à Polícia Civil.

Toque de recolher em bairro vizinho

Horas antes, moradores do bairro Ajuda de Baixo, que fica próximo ao Bosque Azul, denunciaram que criminosos determinaram toque de recolher na região. Comerciantes tiveram que fechar as portas de seus estabelecimentos por ordem de traficantes.

Uma dona de casa que não quis se identificar contou que criminosos passaram ordenando que o comércio fosse fechado: “O bairro, geralmente, é bem movimentado, mas hoje tudo ficou fechado, tudo parado, pessoas com medo de sair de casa”, disse a moradora que deixou de levar o seu filho na escola.

Moradores de outros bairros também relataram que criminosos também ordenaram toque de recolher, como as localidades do Centro e Favela da Linha.

Em nota o comando do 32º Batalhão da Polícia Militar informou que por volta das 13h, desta quarta-feira (24), houve relatos de “toque de recolher” no bairro Ajuda de Baixo, onde alguns comércios fecharam as portas após determinação de traficantes locais. Ainda de acordo com o batalhão, por volta das 17h40, cerca de seis comércios apenas permanecem fechados, os demais locais estavam funcionando normalmente.

A PM ainda disse em nota que nas últimas duas semanas foram presos pela PM líderes de duas facções criminosas em Macaé, e relembrou que esse ano até a presente data, o 32° bateu o recorde nas apreensões de fuzis e drogas. O Policiamento segue reforçado na localidade.


 

Mais lidas do mês