Mídias Sociais

Destaque

Corpo de trabalhador morto em acidente na PNA-2 chega ao IML de Macaé

Bertha Muniz

Publicado

em

 

O corpo do mecânico de guindaste Sandro Ferreira da Silva, de 43 anos, morto durante um acidente na plataforma fixa PNA-2, da Petrobras, localizada no Campo de Namorado, da Bacia de Campos, na tarde deste domingo (25), desembarcou no Aeroporto de Macaé no fim da tarde desta segunda-feira (26). De lá, seguiu para o Instituto Médico Legal (IML) do município, a fim de que sejam realizados os trâmites para a liberação do corpo. A expectativa da família do petroleiro, é que o traslado rumo a Marataízes, no Espírito Santo, ocorra ainda hoje. O irmão mais velho da vítima está em em Macaé acompanhando o processo e irá seguir junto ao traslado. Assim que o corpo chegar à Marataízes, ocorrerá o velório em uma igreja evangélica a qual Sandro frequentava. O enterro do mecânico acontece nesta terça-feira (27), no Cemitério Municipal de Marataízes
Sandro era casado e tinha dois filhos, un deles cadeirante. Funcionário da empresa RIP Kaeter, Sandro realizava manutenção em um guindaste por volta das 14h30, e, de acordo com as informações iniciais, teria sido esmagado pelo equipamento.

Sandro era casado e tinha dois filhos, un deles cadeirante.


 

Mais lidas do mês