Mídias Sociais

Destaque

Com auxílio do Proeis, Rio das Ostras registra redução nos índices de violência

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Dados foram disponibilizados pela 128ª Delegacia Policial (128ª DP) e levam em conta análises dos anos de 2018 e 2019.

O município de Rio das Ostras registrou uma redução gradativa nos índices de violência urbana. Dados da 128º Delegacia Policial (128ª DP), instalada na cidade, demonstram que os números na Segurança Pública são positivos, principalmente após parceria firmada com o Programa Estadual de Integração da Segurança (Proeis), que proporcionou rondas nas principais localidades da cidade e ações mais efetivas de combate à criminalidade.

A queda nos registros de violência é fruto de parcerias firmadas entre a Secretaria de Segurança de Rio das Ostras, por meio de sua Guarda Civil Municipal, com órgãos de Segurança do Rio de Janeiro e do Governo Federal para que o crime seja combatido na cidade.

De acordo com o secretário de Segurança Pública de Município, Marcus Rezende, o trabalho feito em conjunto com o delegado titular da 128ª DP, Ronaldo Cavalcante, tem sido eficaz. “Os números positivos demonstram que a delegacia se tornou a primeira colocada no Estado em produção investigativa e a 3ª Companhia do 32º Batalhão de Polícia Militar está cumprindo seu papel ostensivo. Isso por si já reforça o empenho da Administração Municipal em buscar cada vez mais segurança aos seus munícipes e visitantes”, comentou o secretário.

Como referência, é possível destacar números positivos em ações de Segurança. Comparando dados de agosto de 2018 e agosto de 2019, os roubos de rua caíram de 62 casos para 26, sendo o menor número de ilícitos registrado desde março de 2017. Outros números positivos demonstram que os roubos de veículos caíram 12 para 5; roubos a estabelecimentos comerciais tiveram redução de 6 para 0; letalidade violenta, os chamados crimes violentos, saíram do patamar de 4 para 1.

É possível destacar ainda os registros de apreensão de drogas, que subiram de 12 para 29, além dos autos de prisão em flagrante que subiram de 25 para 47. “Por tudo isso é possível afirmar que atualmente Rio das Ostras é uma das cidades mais seguras do Rio de Janeiro”, finalizou o secretário Marcus Rezende.

Mais lidas da semana